PGR arquiva trecho da delação do ‘doleiro dos doleiros’

Dario Messer trabalhou para vários partidos políticos
-Publicidade-
O procurador-geral da República, Augusto Aras | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
O procurador-geral da República, Augusto Aras | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL | O procurador-geral da República, Augusto Aras | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Dario Messer trabalhou para vários partidos políticos

pgr
O procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

A Procuradoria-Geral da República (PGR) arquivou um trecho e uma investigação da delação premiada sobre supostas propinas pagas pelo doleiro Dario Messer ao procurador regional da República Januário Paludo, integrante da Lava Jato do Paraná. A informação foi antecipada hoje pelo portal Uol, que teve acesso ao trecho desconsiderado da delação. Oeste noticiou que o doleiro firmou acordo de colaboração premiada neste mês e se comprometeu a devolver R$ 1 bilhão. Ele trabalhou para vários partidos políticos, incluindo o PT.

-Publicidade-

Leia também: “Gilmar Mendes socorre Serra em processo contra o tucano”

De acordo com Messer, ele destinou US$ 50 mil por mês entre 2005 e 2013 a Paludo para que fosse protegido pelo Ministério Público Federal (MPF). O repasse mensal durante 8 anos teria o objetivo de evitar que o MPF investigasse atos de lavagem de dinheiro e evasão ilegal de divisas que envolvessem o doleiro. Contudo, na delação, não está claro a forma como os pagamentos supostamente eram feitos. Messer apenas aponta seus operadores como intermediários. Em nota, Paludo que tenha recebido qualquer quantia do doleiro.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro