-Publicidade-

Podemos tenta evitar que o Senado afaste senadora

Juíza Selma Arruda teve o mandato cassado pelo TSE e o Senado precisa acatar ou derrubar a decisão
Roque de Sá/Agência Senado
Roque de Sá/Agência Senado

Juíza Selma Arruda (Pode-MT) foi cassada pelo TSE e o pedido deve ser analisado pela Mesa Diretora do Casa

Os senadores Álvaro Dias (Pode-PR) e Lasier Martins (Pode-RS) têm pressionado para que o Senado siga postergando a analise do relatório que pede o afastamento da senadora Juíza Selma Arruda (Pode-MT). A votação pela Mesa Diretora da Casa estava pautada para o fim da manhã desta quarta, 15, mas até a publicação desta matéria, o colegiado ainda não tinha atingido o quórum necessário.

Nesta terça, 14, os caciques do Podemos já tinham pedido ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para que a sessão só fosse marcada após  o trânsito em julgado do processo da senadora junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Juíza Selma teve o mandato cassado pela Corte em dezembro do ano passado.

“Desde o primeiro momento houve uma angústia, e precisamos fazer a leitura do que há por trás: nós que acompanhamos esse processo podemos dizer que a senadora Selma continua com a sua dignidade inatacável. É uma mulher honrada, honesta, corajosa, que cumpriu seu papel na Justiça e hoje está pagando muito caro por ter sido rigorosa e implacável em determinados mudanças”, afirmou Álvaro.

Entenda

Como cabe ao Senado decretar a cassação do mandato de seus parlamentares o que, até agora, não foi feito, Selma permanece há quatro meses no cargo. Ela foi cassada pelo TSE por caixa dois e abuso de poder econômico na campanha de 2018, com a confirmação de decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso (TRE-MT).

No último dia 19 de março, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO) protocolou seu parecer defendendo que a Mesa Diretora siga a decisão proferida pelo TSE e declare vaga uma das cadeiras do Mato Grosso. “Não há previsão nem necessidade de disciplina normativa para tal declaração, bastando que a Mesa assegure ampla defesa ao Senador”, escreveu ele.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Ela foi cassada por caixa dois, contudo para Álvaro Dias, isso é apenas uma consequência por ter sido “muito rigorosa e implacavel”? Me parece que ele ignora o crime da mesma, e usando de adjetivos a transforma num bom indivíduo, para talvez, minimizar o impacto dos motivos da cassação. Mas pode ser outra coisa… se caixa dois for a causa de ser “rigoroso ou implacável”. xD

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês