Queda de ministro provoca dança das cadeiras em Brasília

Mudanças vão além de cargos relacionados ao Poder Executivo
-Publicidade-
Mudança na Esplanada dos Ministérios gerou dança das cadeiras | Foto: Arquivo/Agência Brasil
Mudança na Esplanada dos Ministérios gerou dança das cadeiras | Foto: Arquivo/Agência Brasil | esplanada dos ministérios - dança das cadeiras - brasília

Mudanças vão além de cargos relacionados ao Poder Executivo

esplanada dos ministérios - dança das cadeiras - brasília
Mudança na Esplanada dos Ministérios gerou dança das cadeiras na capital federal | Foto: Arquivo/Agência Brasil
-Publicidade-

A decisão do presidente Jair Bolsonaro em demitir Marcelo Álvaro Antônio do comando do Ministério do Turismo resultou em mudanças em outros cargos, que vão além de pastas e autarquias vinculadas ao Poder Executivo. Confira, abaixo, os envolvidos na dança das cadeiras promovida nesta semana em Brasília.

  • Ministério do Turismo

→ Entra Gilson Machado, então presidente da Embratur;

← Sai Marcelo Álvaro Antônio, que estava na função desde janeiro de 2019.

  • Presidência da Embratur

→ Entra Carlos Alberto Gomes de Brito, que já era diretor do órgão, cujo cargo foi extinto no momento;

← Sai Gilson Machado; nomeado como novo ministro do Turismo.

  • Câmara dos Deputados

→ Assume Marcelo Álvaro Antônio, candidato a deputado federal mais votado em Minas Gerais nas eleições 2018, com mais de 230 mil votos;

← Sai Enéias Reis, político filiado ao PSL-MG e suplente em exercício desde o começo da atual legislatura devido à função então ocupada por Álvaro Antônio no Poder Executivo.

Sem vez no primeiro escalão da gestão Bolsonaro, Álvaro Antônio fez questão de elogiar publicamente o presidente da República, a quem se refere como “amigo e irmão”. “Melhor governo da história”, enfatizou o agora ex-ministro Turismo em postagem divulgada nesta quinta-feira, 10, em seu perfil no Twitter.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site