Senador da Rede defende cassação de Flávio Bolsonaro

Randolfe Rodrigues deseja que o Senado casse o mandato do filho do presidente da República
-Publicidade-
O senador Flávio Bolsonaro | Foto: AGÊNCIA BRASIL
O senador Flávio Bolsonaro | Foto: AGÊNCIA BRASIL | senador flávio bolsonaro - randolfe rodrigues - cassação

Randolfe Rodrigues deseja que o Senado casse o mandato do filho do presidente da República

senador flávio bolsonaro - randolfe rodrigues - cassação
O senador Flávio Bolsonaro | Foto: AGÊNCIA BRASIL
-Publicidade-

A prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), agita a política nacional. Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o filho do presidente Jair Bolsonaro precisa perder o mandato. Ele tornou público o desejo hoje pela manhã.

“Tem que ser cassado urgente”

“Queiroz foi preso! E foi encontrado na casa do advogado de Flávio Bolsonaro. Quem poderia imaginar essa relação? Aliás, está na hora da nossa denúncia contra Flávio andar. Tem que ser cassado urgente”, afirmou Randolfe Rodrigues, de acordo com a Agência Senado. Ele, que é o líder da minoria no Senado, aproveitou para ironizar a situação. “O filho do presidente deve respostas à Justiça. Ah! Grande dia”.

Leia mais:Flávio diz que prisão de Queiroz é uma tentativa de ‘atacar’ Jair Bolsonaro

Além de se mostrar favorável à cassação do mandato de Flávio Bolsonaro, o integrante da Rede registrou questionamentos em relação a Fabrício Queiroz. Entre outros pontos, ele pergunta qual a relação do ex-assessor com a família do presidente da República. Também perguntou sobre o caso da “rachadinha” e do que chama de “laranjal”. “E o depósito para contas da primeira-dama Michelle Bolsonaro? O Brasil merece saber! A verdade liberta”, prosseguiu, dessa forma, o parlamentar da esquerda.

Ataque ao presidente

Diante da prisão de seu ex-assessor, Flávio Bolsonaro se posicionou. Conforme noticiou Oeste mais cedo, ele encara a prisão de Fabrício Queiroz como “tentativa” de ataque ao presidente da República. Nesse sentido, o hoje senador lembrou do tempo em que foi deputado estadual no Rio de Janeiro. “Em 16 anos como deputado no Rio nunca houve uma vírgula contra mim”, afirmou, de acordo com postagem no Twitter.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Flavucho, seu papai é presidente do Brasil, lider Supremo das Forças Armadas, porque ele não aciona o artigo 142 ?? Ahh tá, será porque ele não tem as armas ao lado dele, e o STF já sabe disso, o Congresso já sabe disso, a Globo já sabe disso, só os bobos como a Sara Winter é que não sabem , e ainda acreditam que Bolsonaro é capaz de reagir a todo esse ataque! Digo mais, a ideia é forçar a renuncia de seu papai antes dele completar 2 anos de mandato, assim novas eleições serão convocadas, e ganha quem o STF e os Militares querem. Evitam assim que Mourão assuma a presidência, evitam nomeações no STF por seu papai, a Globo renova sua Concessão, e todo mundo fica feliz!

  2. Incrível como até um site sério como o da Revista Oeste, que eu respeito e gosto muito, repercute ações feitas exatamente para ganhar e manter espaço na mídia. Não creio que aqui vá virar o mesmo, mas o site concorrente começou assim e depois se perdeu quase que totalmente fazendo com que leitores mais sérios migrassem pra cá.

    1. Perfeitamente. Muito cuidado tenham, pois se não, em tempo breve, de tantos xingamentos, vcs nos impedirão, ao final, de fazer postagens nas edições diárias. Se forem supremos, até nos aprenderão. Portanto, não pisem na bola.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.