Senado paga R$ 350 mil por sala vip no aeroporto de Brasília

Contrato foi feito com dispensa de licitação aproveitando brecha na lei relacionada à inviabilidade de concorrência
-Publicidade-
Foto: Marcos Oliveira/Divulgação
Foto: Marcos Oliveira/Divulgação | Senado bancará exames de coronavírus

Contrato foi feito com dispensa de licitação, aproveitando brecha na lei relativa à inviabilidade de concorrência

O Senado Federal gastará R$ 348 mil, durante o período de um ano, para manter no aeroporto de Brasília uma sala vip destinada a receber os parlamentares e autoridades. O espaço físico, custeado com dinheiro público, se localiza ao lado da praça de alimentação do aeroporto.

-Publicidade-

MAIS: Senado gastará R$ 3,6 milhões com plantas ornamentais e jardins

Com validade de um ano, o contrato de aluguel foi firmado por meio de dispensa de licitação, utilizando-se uma brecha determinada pelo artigo 25 da Lei nº 8.666/93, segundo a qual se dispensa a concorrência pública quando não há possibilidade de concorrência.

A sala vip tem 69 metros quadrados, área comum em apartamentos de classe média. Chamada de ponto de apoio, a sala funciona das 8 às 20 horas, conta com aproximadamente dez servidores à disposição e oferece itens como telefone, armários, forno de micro-ondas, forno elétrico, gaveteiro, sofá e TV por assinatura.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 comentários

  1. Os caminhoneiros, os agentes de saúde, as empresas e os voluntários que estão na linha de frente da batalha terão acesso a esta sala ? Cerveja gelada, vinhos premiados e outras bebidas serão servidos ?

    1. O ato público tem vício de origem. Nenhem ato público está revestido de legalidade se não visar o bem comum. Podem apontar o bem comum alcançado?

  2. Tem que ter uma sala vip mesmo,pois se ficarem no meio do povo,vão apanhar até perder a catinga de ladrão! Mas acho que seria impossível!

    1. Sério isso ?
      Que país é esse?
      Não é no Brasil, aqui todos estamos lutando contra o vírus certo ?
      Que absurdo uma coisa dessas ,se fosse aqui no Brasil os militares logo iriam intervir afinal isso realmente seria uma afronta à nação, aja visto que estamos em uma luta para salvar vidas e vidas de pessoas mais simples da sociedade .
      Esses países que não tem quem os controle esses políticos sem escrúpulos abusam mesmo não é?
      Quem bom que vivo no Brasil e sou protegido disso .

  3. Estes são os representantes que os brasileiros, por livre e expontânea vontade, interesses ou alienação, elegeram e historicamente permitem que lá estejam e assim procedam, afinal, geralmente foi melhor justificar o voto para não perder o final de semana, o futebol ou o feriadão… que se aprenda com isto e não se desperdice esta rara oportunidade, agora que despertos mais unidos, de corrigir o rumo do nosso maltratado Brasil…

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site