Bolsonaro apoia deputado do Republicanos para comandar a Câmara

Ao emplacar um aliado na chefia da Casa no ano que vem, o presidente quer facilitar a aprovação de iniciativas do governo federal
-Publicidade-
Foto: EVARISTO SÁ/GETTY IMAGES
Foto: EVARISTO SÁ/GETTY IMAGES

Ao emplacar um aliado na chefia da Casa no ano que vem, o presidente quer facilitar a aprovação de iniciativas do governo federal

Como parte da estratégia, Bolsonaro “namora” alguns parlamentares para ocupar a chefia da Casa
Foto: EVARISTO SÁ/GETTY IMAGES
-Publicidade-

Os movimentos de Jair Bolsonaro no tabuleiro da política indicam que ele está decidido a formar uma base de sustentação no Congresso Nacional. Para isso, vai negociar cargos do segundo escalão do governo com parlamentares de vários partidos.

Uma vez adquirido o apoio necessário, a peça a ser derrubada é o atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que vem impondo entraves ao poder Executivo. Esse cargo é chave para o Palácio do Planalto ver os seus planos se concretizarem.

Como parte da estratégia, Bolsonaro quer emplacar um aliado na chefia da Casa. Entre os nomes está o do deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP). Esse partido, ademais, já abriga temporariamente o senador Flávio Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro, informa o jornal O Estado de S. Paulo.

Noticiado por Oeste, Arthur Lira (PP-AL), o “Sombra”, também pleiteia o cargo e se cacifa como um dos nomes fortes do Centrão. Todavia, é réu em processo por corrupção passiva. Logo, não seria uma opção palatável para o presidente Jair Bolsonaro.

Perfil

O deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP)
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Marcos Pereira, 48 anos, é natural de Linhares, no Espírito Santo. Formou-se em Direito pela Universidade Paulista e é pastor licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus.

Por integrar a chamada “bancada evangélica”, uma das avalistas do governo Bolsonaro, Pereira é um dos nomes do Planalto para o comando da Câmara no ano que vem.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Com nó na garganta, pragmatismo nesse momento, é uma solução, pq se depender da consciência de quem dá sustentação ao “Primeiro Ministro dos Ratos”, a economia e o governo serão destruidos, e a certeza da corrupção é a finalidade.

  2. Todos que acompanhamos política somos testemunhas do esforço imenso esforço realizado pelo presidente Bolsonaro de tentar fugir da “velha política”. Resultado: reformas essenciais espancadas, boicote sistemático às ações do governo e, por último, ameaça real de impeachment (sem crime de responsabilidade. A estratégia agora deve ceder no que for possível, mas sem vender (ou pelo menos entregar) a mãe.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site