Pular para o conteúdo
publicidade
CPI da Covid recebe a advogada Bruna Morato, representante dos médicos que trabalharam na Prevent Senior | Foto: Montagem Revista Oeste/Alessandro Dantas/Shutterstock
Edição 155

A vitória da Prevent Senior

Advogada é condenada a pagar R$ 300 mil por danos morais à operadora de saúde

Paula Leal
-

Em novembro de 2021, a Revista Oeste fez uma reportagem mostrando como a Prevent Senior foi parar no banco dos réus durante a pandemia. A operadora de saúde voltada para o público idoso foi acusada de uma série de crimes e irregularidades supostamente cometidos por médicos e ex-colaboradores da empresa. Na época, Oeste conversou com Fernando Parrillo, presidente e um dos fundadores da Prevent Senior. Diante das acusações, Parrillo afirmou: “Com o tempo, a verdade aparece, tem de ter paciência”.

O tempo passou, e, na semana passada, a Justiça de São Paulo condenou a advogada Bruna Mendes dos Santos Morato a pagar R$ 300 mil por danos morais à operadora. Para lembrar quem é esta personagem e entender o caso é preciso desenterrar um episódio da famigerada CPI da Covid. Os senadores que comandavam a comissão — Omar Aziz, Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues — estavam sedentos por fatos que pudessem confirmar as teses já sacramentadas pelo trio. Entre elas, que a cloroquina mata e que um gabinete paralelo montado no governo federal orquestrava ações conjuntas com médicos e empresas de saúde para não salvar vidas. Quem se lembra da frase de Calheiros durante uma das sessões da comissão? — “Sou o relator da CPI e posso produzir a prova”. Eis que um dossiê contra a Prevent Senior, apresentado pela advogada Bruna Morato, caiu como uma luva para engrossar o caldo. O documento reunia supostas irregularidades cometidas pela operadora de planos de saúde. Entre elas, o uso de medicamentos do chamado “kit covid”, que incluía a cloroquina e a ivermectina.   

YouTube video

Alguns detalhes curiosos. Sob orientação de Bruna, o dossiê entregue à CPI foi assinado por um grupo de 12 médicos, ex-médicos e enfermeiros da Prevent Senior, mas boa parte deles não teve a identidade revelada. Os senadores nem sequer ouviram os acusadores. Quem recebeu o convite para depor na CPI foi a advogada. O que é estranho, porque os advogados não prestam depoimento em nome do cliente. Quando Oeste conversou com a Prevent, a empresa alegou que foi vítima de extorsão. Antes de as acusações chegarem à Comissão no Senado, Parrillo afirmou que recebeu, por intermédio da advogada, uma proposta de acordo de R$ 3,5 milhões. “Como nós não aceitamos, eles levaram adiante as denúncias”, disse.

Os advogados da Prevent alegaram que Bruna tinha o objetivo de “manchar a imagem e gerar ódio e repulsa” contra a empresa, que atende a 500 mil beneficiários e emprega cerca de 3 mil médicos e 13 mil profissionais

Em meio às acusações que arranharam a imagem da empresa, a operadora de saúde recorreu à Justiça. Em duas ações judiciais, a Prevent pediu a condenação de Bruna Morato ao pagamento de reparação por danos morais. Uma delas ainda não foi julgada, e tem como mote justamente a participação da advogada na CPI da Covid — fato que deu projeção nacional às denúncias. A outra teve um desfecho, pelo menos em primeira instância. Na decisão que condenou Bruna ao pagamento de R$ 300 mil por danos morais, o juiz Gustavo Coube de Carvalho considerou que a advogada não apresentou provas das acusações. “A conduta da ré mostrou-se ilícita e pode ser qualificada como tentativa de assassinato de reputação de empresa de grande porte”. 

Nesta ação, os advogados da Prevent alegaram que Bruna tinha o objetivo de “manchar a imagem e gerar ódio e repulsa” contra a empresa, que atende a 500 mil beneficiários e emprega cerca de 3 mil médicos e 13 mil profissionais. Para fundamentar a defesa, a empresa citou dois eventos. A participação de Bruna em uma entrevista à Rede TVT, em abril de 2022, em que ela disse que a Prevent “persegue” e “ameaça” seus profissionais, e que seus diretores são “criminosos” que atuam como “milícias” e como “máfias”. E uma reunião na Câmara dos Vereadores de São Paulo, durante a CPI da Prevent, em que a advogada acusou a operadora de participar de uma “trama macabra” que teria tirado “a oportunidade que essas pessoas tinham de sobreviver”. Segundo o magistrado, ao dar essas declarações publicamente, sem apresentação de provas, “a ré atribuiu à empresa condutas infamantes e definidas como crime”. 

YouTube video

 

Em São Paulo, a Câmara dos Vereadores criou um filhote da CPI da Covid e instalou a CPI da Prevent, em 7 de outubro de 2021. Como o próprio nome já diz, o objetivo da comissão era apurar denúncias relacionadas à operadora de saúde durante a pandemia. Bruna foi uma das protagonistas. O mesmo dossiê apresentado na CPI do Senado foi usado na Câmara para acusar a Prevent. Figuras como Humberto Costa e Randolfe Rodrigues acompanharam de perto os trabalhos realizados na capital paulista. Eles criaram um grupo, chamado Frente Parlamentar Observatório da Pandemia de Covid-19, para “fiscalizar e acompanhar os desdobramentos jurídicos, legislativos e sociais da CPI da Pandemia”. Rodrigues chegou a criticar o trabalho realizado pela polícia paulista para investigar a Prevent. “Temos de continuar vigiando, mesmo porque não nos satisfez a conclusão do inquérito policial aqui, no caso Prevent Senior”, disse. O relatório final da CPI da Prevent propôs o indiciamento de 20 pessoas por 52 crimes (somados) relacionados a ações da empresa durante a pandemia. Depois de mais de seis meses de trabalho, os vereadores também definiram o dia 12 de março como o dia nacional em homenagem às vítimas da covid-19. 

YouTube video

“Perseguição política”

A vitória da Prevent na Justiça desagradou aos participantes da extinta CPI da Covid. O senador Humberto Costa (PT-PE) publicou um vídeo em sua conta no Twitter e disse que o desfecho do caso foi uma “perseguição política”. Costa afirmou ainda que todos os parlamentares que formaram o grupo do “G7”, o alto-comando da CPI de Brasília, e outros senadores vão assinar uma nota em apoio à advogada Bruna Morato. “Com certeza nós haveremos de desfazer a sentença, mas no momento em que ela fizer os recursos adequados.” 


Nesta semana, Humberto Costa e Randolfe Rodrigues lançam o livro A Política Contra o Vírus — Bastidores da CPI da Covid. Não custa lembrar que a CPI consumiu seis meses de trabalho dos senadores e rendeu manchetes que alimentaram a velha mídia, num esforço de revelar ao Brasil e ao mundo os crimes contra a humanidade praticados pelo governo do então presidente Jair Bolsonaro. Depois da produção de um relatório final, de 1.279 páginas, os integrantes da CPI foram incapazes de apresentar uma única acusação que pudesse ficar de pé do ponto de vista judicial contra qualquer cidadão.

Livro A Política Contra o Vírus — Bastidores da CPI da Covid | Foto: Divulgação

Outras denúncias contra a Prevent Senior ainda precisam ser investigadas, e a empresa deve ser responsabilizada pelos erros que eventualmente tenha cometido. Procurada por Oeste para comentar a decisão favorável na Justiça, à qual ainda cabe recurso, a operadora enviou uma nota informando que “confia no Poder Judiciário e, mais uma vez, refuta todas as acusações de que foi vítima, nenhuma delas comprovada”. A empresa declara ainda que “colabora com todas as investigações técnicas realizadas por diversos órgãos fiscalizadores, por acreditar que restabelecerão a verdade dos fatos”. Depois dessa vitória, é preciso seguir com paciência, para que outros fatos também sejam esclarecidos. 

Leia também “O linchamento da Prevent Senior”

22 comentários
  1. carlos roberto de moura
    carlos roberto de moura

    Finalmente a CPI do Circo está dando motivos para boas risadas.

  2. Candido Andre Sampaio Toledo Cabral
    Candido Andre Sampaio Toledo Cabral

    Precisamos voltar sempre isto a tona. Esses 3 picaretas que comandaram este circo não podem ficar impumes. Omar Aziz ainda conseguiu uma sobrevida na eleição apertada do ano passado. Em 2026 teremos a oportunidade de Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues. Sou de Maceió e repudio sempre Renan e sua turma.

  3. Vanessa Días da Silva
    Vanessa Días da Silva

    Os membros do G7 deveriam fazer uma vaquinha e pagar o que essa tolinha usada por eles está devendo à operadora

  4. Francisco Cerqueira
    Francisco Cerqueira

    Um país em que Calheiros, Randolffff, Omar, Otto Alencar, Umcerto Bo$ta e Loola não estejam na cadeia não é um país, é um p#teiro!

  5. Antonio Carlos Neves
    Antonio Carlos Neves

    Esses cangaceiros tentaram quebrar uma operadora de saúde que assiste mais de 500 mil vidas especialmente idosos. Vale dizer que após esse circo contra a Prevent e o governo Bolsonaro, ingressei no plano Prevent Senior e encontrei importante assistência aos clientes. Recomendo a Prevent e espero que essa gente inútil da CPI jamais venha a se utilizar dessa empresa nem mesmo em casos pessoais urgentes. Afinal, assisti essa fajuta CPI e em alguns momentos chegaram a qualificar a Prevent como criminosa por experimentos nazistas contra seus pacientes.

  6. ANDRÉ
    ANDRÉ

    Nada melhor de ser julgado por juízes de carreira. Ainda resta um fio de esperança. O Padrão deveria se estender a todas cortes do País, somente assim teremos julgamentos técnicos e não políticos. O Brasil necessita da aplicação da lei na sua essência.

  7. ELIAS
    ELIAS

    O circo que foi a CPI da Covid, teve alguns palhaços convidados, entre eles essa advogada que se deslumbrou com brilho efêmero daqueles holofotes. Felizmente, resta alguma esperança, pouca, é verdade, de que o judiciário possa funcionar nesse país. Pelo menos na primeira instância ainda temos juízes que honram seus cargos.

  8. Antonia Marilda Ribeiro Alborgheti
    Antonia Marilda Ribeiro Alborgheti

    fico feliz com esse desfecho e espero que seja mantido; sou conveniada e posso afirmar o atendimento é excelente a um preço justo

  9. Eurico Schwinden
    Eurico Schwinden

    Cada coveiro tinha uma plaquinha que era sacudida nas câmaras quando o número de mortos fosse atualizada pelo plimplin. Uma festa. Dançante se lembrar-mos do bailado da Gazelinha Excitada, que atende pelo nome de Randolfe. Simone Tebet, batia no antebraço gordo, “fui eu quem botou a vacina no braço dos brasileiros”. Mas o circo, além de picadeiro, montado pelas mídias que comemoravam mortos, tinha os domadores Renan Calheiros e Omar Aziz. Mas tem mais gente para participar da vaquinha inicial de R$ 300 mil. Um troco para o quanto faturaram por fora da os lobistas da Pfeizer e iriam faturar da Spunik russa, que Lula negociava com ex-embaixador de Cuba nos tempos de Mensalão e Petrolão. Afinal, hoje aprovado e comprovado que o tratamento precoce teria evitado 90% das mortes e salvo milhões de empregos perdidos com o famigerado lockdown – este obra suprema do ministro Barroso – dá para começar a pedir dos dorias milhões, talvez bilhões, pelos mortos por miocadias, crianças e jovens, em maior número.

  10. ANTONIO VICENTE DE LIMA
    ANTONIO VICENTE DE LIMA

    Os negacionistas, com suas diabólicas políticas de negar tudo e proibir tudo, mesmo com provas cabais de eficácia e pareceres de mestres como os fantástico Dr. Zeballos, Dra Nize Hiamaguchi e tantos outros heróis, fizeram com que 400 mil pessoas morressem por falta de tratamentos. Muito triste.

  11. DONIZETE LOURENCO
    DONIZETE LOURENCO

    Humberto, Azis, Randolfe, Calheiros e outros que estão com dezenas de processos engavetados no STF e essa advogada contratada para gerar “fatos” nunca mereceram crédito. A advogada manchou seu currículo, se possui algum, e os “congressistas” é responsabilidade do eleitor se o TSE e a urna “inviolável” permitir.

  12. Juvenal Campos De Azevedo Canto
    Juvenal Campos De Azevedo Canto

    A PREVENT SENIOR FOI VÍTIMA DA INVEJA, POIS PRESTA SERVIÇOS DE ÓTIMA QUALIDADE AOS IDOSOS. ESTA SENHORA FOI PAU MANDADO DOS CONCORRENTES DA OPERADORA DA SAÚDE.

  13. Antonio Araújo Da Silva Lopes
    Antonio Araújo Da Silva Lopes

    Na instância recursal É torcer pra não cair nas mãos de um desembargador canhoto !

  14. CARLOS FLORESTA DE OLIVEIRA
    CARLOS FLORESTA DE OLIVEIRA

    Aproveita que os canalhas que fizeram a CPI da Covid, estão todos juntos outra vez no congresso nacional e dividam os cr$ 300.000,00 entre eles e paguem a multa da ” pobrezinha da advogada da verdade”. Que o inferno os receba na sala da caldeira.

  15. Oldair Dorigon Bianco
    Oldair Dorigon Bianco

    Fico pensando… quem são os eleitores desses escrotos ??? Só podem ser piores que eles né!

  16. Rosely M G Goeckler
    Rosely M G Goeckler

    Faz todo sentido!!!!

    Lembro q na Prevent foi um dos primeiros a lidar com a pandemia. De cara, mortes assustaram e logo q passaram a adotar o protocolo do tratamento, as mortes diminuíram drasticamente.

    Pena q tenha havido toda essa situação estapafúrdia! Claro q doença nova, na falta de “medicamento novo” precisava buscar as possibilidades de tratamento dentre os medicamentos disponíveis!

    Foi uma baita sacanagem! Muita gente foi tratada e salva no meu círculo de parentes e amigos! E sou imensamente grata aos q salvaram essas vidas, tratando e medicando com profissionalismo! Cheguei a mandar um tuíte à Prevent em agradecimento pelos cuidados

  17. DEMETRIO ZACHARIADIS
    DEMETRIO ZACHARIADIS

    Lembram do “empresário” que levou o ladrão de jatinho para o Egito? É o dono da qualicorp, que pretende usar a sua “proximidade” ao núcleo da corrupção, digo, do poder (pudê?) para retomar o crescimento vertiginoso ocorrido nos governos do pt. Eles não querem concorrência, e a prevent sênior já estava incomodando…

    1. Rosely M G Goeckler
      Rosely M G Goeckler

      Faz todo sentido!

      Lembro q na Prevent foi um dos primeiros a lidar com a pandemia. De cara, mortes assustaram e logo q passaram a adotar o protocolo do tratamento, as mortes diminuíram drasticamente.

      Pena q tenha havido toda essa situação estapafúrdia! Claro q doença nova, na falta de “medicamento novo” precisava buscar as possibilidades de tratamento dentre os medicamentos disponíveis!

      Foi uma baita sacanagem! Muita gente foi tratada e salva no meu círculo de parentes e amigos! E sou imensamente grata aos q salvaram essas vidas, tratando e medicando com profissionalismo! Cheguei a mandar um tuíte à Prevent em agradecimento pelos cuidados

  18. Ronald S. de Mota e Souza
    Ronald S. de Mota e Souza

    Impressionante a rede de intrigas e mentiras, que foi instituída pela grande mídia de difamar todos aqueles que se opusessem à “verdade oficial “ . O objetivo, alem de destruir a figura do presidente Bolsonaro , também fazia com que qualquer opinião ã respeito da pandemia, que não obedecesse ao status quo, ditados pela OMS e governos europeus, cujo objetivo era de produzir pânico e medo na população mundial.Enfim manipular através do medo. Essa pandemia mostrou a sua ponto chega a maldade humana.

    1. Ronald S. de Mota e Souza
      Ronald S. de Mota e Souza

      A que ponto.

    2. Rosely M G Goeckler
      Rosely M G Goeckler

      À época, lembro de ter ouvido q Dra Nise Yamaguchi estava dando o apoio à Prevent no tratamento a ser ministrado, pelos seus contatos com médicos q já estavam passando pela experiência no exterior, em especial, Dr Zelensky.

      Outros médicos me deixaram mais tranqüila com possibilidade de tratamento: Dr Anthony Wong (foi o primeiro q ouvi abordar sobre a doença), Dr Paulo Zanotto, Dra Marina Bucar,Dra Roberta Lacerda, Dra Luciana e tantos outros q enfrentaram duas batalhas: a Covid e a politização pela imprensa e políticos

      1. Rosely M G Goeckler
        Rosely M G Goeckler

        Sou imensamente grata a cada um.deles!

  19. Paulo Cesar F Viana
    Paulo Cesar F Viana

    Randolfe, Humberto Costa, Azziz… a nata da mediocridade no senado! Que vergonha termos representantes deste nivel (ou falta de).

  20. José Maria dos Santos
    José Maria dos Santos

    Pelo menos por enquanto, a Justiça ainda respira, graças a Deus!

  21. João José Augusto Mendes
    João José Augusto Mendes

    Chuuuuupaaaaaa. Comissão de Patetas Imbecis.

  22. MARCO TULIO
    MARCO TULIO

    CPI LIXO DA COVID….hoje estão receitando o kit covid, mas é porque é governo nine….agora tudo pode nesse lixo de governo corrupto.

  23. Edson TC
    Edson TC

    Quando um plano novo surge cobrando bem menos que os demais e atendendo justamente a faixa etária que os demais praticamente “extorquem”, já era esperado que a grande “máfia” das operadoras de saude não iam deixar barato. Podem ter certeza que novas difamações virão… Não abaixe a cabeça Prevent.

Anterior:
‘O estado de espírito modula o sistema imunológico’
Próximo:
Carta ao Leitor — Edição 225
Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre notícias, acontecimentos e eventos semanais no seu e-mail.