Leonardo DiCaprio volta a criticar Bolsonaro

Ator compartilha vídeo que promove campanha contra o presidente brasileiro
-Publicidade-
O ator Leonardo DiCaprio, que de acordo com Fiuza é a versão hollywoodiana de Boulos | Foto: DIVULGAÇÃO
O ator Leonardo DiCaprio, que de acordo com Fiuza é a versão hollywoodiana de Boulos | Foto: DIVULGAÇÃO | leonardo dicaprio - boulos de hollywood - guilherme fiuza

Diretamente dos Estados Unidos, ator compartilha vídeo que promove campanha contra o presidente brasileiro

leonardo dicaprio - boulos de hollywood - guilherme fiuza
O ator Leonardo DiCaprio, que de acordo com Fiuza é a versão hollywoodiana de Boulos
Foto: DIVULGAÇÃO
-Publicidade-

O ator norte-americano Leonardo DiCaprio não conseguiu permanecer um mês sem cair na “falácia da Amazônia em chamas”. Nesta quarta-feira, 9, ele aderiu à campanha que visa responsabilizar o presidente da República do Brasil, Jair Bolsonaro, pela suposta degradação da região.

Guilherme Fiuza: “Leonardo DiCaprio é o Boulos de Hollywood”

DiCaprio usou  seu perfil no Twitter, rede social em que conta com 19 milhões de seguidores, para disseminar mais um boato. Por meio da plataforma, ele divulgou vídeo produzido pela entidade que se define como Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib). Em inglês, o conteúdo questiona se o público global está ao lado da Amazônia ou de Bolsonaro — indicando, dessa forma, a necessidade de o mundo escolher uma das duas opções.

Na onda do conteúdo difundido desde o início de setembro pela Apib, DiCaprio promoveu as hashtags #DefundBolsonaro e #WhichSideAreYouOn. A primeira mensagem pede que se “desfinancie Bolsonaro” e a outra questiona “de que lado você está?”.

Militante a distância

DiCaprio indica em seu Twitter que vive em Los Angeles, no Estado norte-americano da Califórnia. A cidade está, conforme indica um site sobre geolocalização, a mais de 7,3 mil quilômetros de Manaus, o maior município da região amazônica.

Leia mais: “Mourão convida DiCaprio a conhecer como funcionam as coisas na Amazônia”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site