Agtech cria colmeia robótica para preservar abelhas

Iniciativa conta com robô apicultor que atua como médico e guardião dos insetos
-Publicidade-
Abelhas nas entradas da colmeia robótica | Fonte: Divulgação/Beewise

Além de produzir mel, as abelhas têm um papel importante na polinização de plantações ao redor do mundo, foi pensando nisso e em preservá-las, que a Agtech Beewise criou uma colmeia totalmente autônoma.

Leia mais: “Minha cena com Hugh Jackman”

A estrutura, chamada de Beehome, utiliza inteligência artificial para resgatar e proteger as abelhas. A estrutura conta com um robô apicultor que atua como médico e guardião dos insetos, e possui monitoramento 24 horas por dia, 7 dias por semana. Além disso, a tecnologia utilizada permite o aumento da capacidade de polinização e produção de mel. O sistema também é totalmente movido a energia solar.

-Publicidade-

Leia também: “Embraer anuncia o primeiro voo de seu avião com motor elétrico”

A empresa criadora afirma que a colmeia autônoma não substitui o apicultor, mas dá a ele ferramentas para realizar a apicultura de forma diferenciada. A Beewise já levantou US $ 40 milhões em financiamento de investidores privados e mais de 100 unidades de seus sistemas estão em uso em Israel e nos Estados Unidos.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro