BNDES abre inscrições para seleção de startups

Iniciativa foca em soluções de impacto socioambiental
-Publicidade-
O BNDES é o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
O BNDES é o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social | Foto: Reprodução/Portal da Indústria

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou nesta terça-feira, 24, a chamada para o ciclo 2022 do BNDES Garagem — Negócios de Impacto. A iniciativa ocorre em parceria com as aceleradoras Artemisia, Wayra e Liga Ventures.

De acordo com o BNDES, “o programa chega ao segundo ano mantendo o foco de impulsionar negócios de impacto que queiram contribuir para a resolução de desafios sociais ou ambientais”. As inscrições podem ser feitas no site do BNDES Garagem até 24 de junho.

-Publicidade-

Serão priorizados negócios para soluções nas áreas de educação e empregabilidade; inclusão e educação financeira; saúde e bem-estar; cidades sustentáveis e cidadania; e meio ambiente e economia circular. Entretanto, também serão aceitos projetos em outros segmentos.

No estágio de criação, o programa irá selecionar até 20 empreendedores ou startups de impacto e, no tração, até 25 startups de impacto. As empresas precisam estar operando e ter faturamento inferior a R$ 16 milhões em 2021.

Os empreendimentos participantes do programa terão, entre outros benefícios, acesso à capacitação em competências necessárias ao desenvolvimento de um negócio inovador de impacto, mentorias com funcionários do BNDES, além de conexões com empresas, investidores e outros atores da área de inovação. O programa é gratuito para todos os participantes e será conduzido de forma híbrida, on-line e presencial.

Segundo Bruno Laskowsky, diretor de Participações, Mercado de Capitais, Reestruturações e Crédito Indireto do BNDES, essa nova chamada do BNDES Garagem confirma o sucesso da iniciativa e reforça a preocupação do banco em promover cada vez mais o desenvolvimento sustentável.

“No primeiro ciclo do Garagem, ocorrido ao longo de 2021, aceleramos empreendedores e startups de impacto de todas as regiões do Brasil que trouxeram soluções para desafios sociais e ambientais, estimulando o ecossistema do empreendedorismo e transformando positivamente a vida dos brasileiros”, disse Laskowsky. “Para este novo ciclo, continuamos com a intenção genuína de gerar impacto positivo na sociedade e ampliamos o rol de soluções que consideramos prioritárias”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.