Exército dos EUA testa ‘canhão’ laser

A nova arma é capaz de furar a blindagem de drones e aeronaves maiores
-Publicidade-
O protótipo DE M-SHORAD
O protótipo DE M-SHORAD | Foto: Divulgação/Exército dos Estados Unidos

As Forças Armadas dos Estados Unidos testaram um novo sistema chamado Directed Energy Maneuver Short-Range Air Defense, conhecido pela sigla em inglês DE M-SHORAD. Trata-se de uma arma que emite um feixe de luz com 50 quilowatts de energia concentrada. Essa potência é capaz de furar a blindagem de drones e aeronaves maiores. Em julho, o protótipo passou com êxito por exercícios militares no Estado de Oklahoma.

Leia também: “Bilionário Jeff Bezos processa a Nasa por contrato lunar”

“Nosso objetivo é entregar protótipos que os soldados possam usar conforme a missão exige, e que o Exército possa usar como base para um programa de registro”, disse, na quarta-feira 18, Marcia Holmes, vice-diretora de hipersônica, energia dirigida, espaço e aquisição rápida do Exército norte-americano.

-Publicidade-

De acordo com a militar, “existem lugares onde a energia direcionada pode fornecer uma vantagem significativa”. Ela destaca que todas as munições “são integradas ao sistema, de modo que a logística associada à movimentação de uma plataforma e ao abastecimento requer apenas gás e peças”.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro