Musk compra fatia de 9% e vira maior acionista do Twitter

Bilionário investe cerca de US$ 3 bilhões poucos dias depois de comentário crítico sobre a plataforma social
-Publicidade-
Elon Musk investe parte da fortuna em ações do Twitter
Elon Musk investe parte da fortuna em ações do Twitter | Foto: Divulgação

Poucos dias depois de criticar publicamente o Twitter por sua política de direitos de expressão, o bilionário Elon Musk se tornou o maior acionista da empresa de tecnologia. De acordo com um documento regulatório divulgado nesta segunda-feira, 4, o CEO da Tesla comprou pouco mais de 9% das ações da plataforma social.

Na última semana, Musk havia publicado comentários para seus mais de 80 milhões de seguidores no Twitter, refletindo sobre a liberdade de expressão na plataforma. As publicações foram encaradas como críticas pela mídia internacional, que especulou que o bilionário estivesse sondando o público para sentir a viabilidade de criação de uma rede social rival.

“A liberdade de expressão é essencial para uma democracia funcional”, escreveu Musk a seus seguidores na última semana, disponibilizando uma enquete de opinião. “Você acredita que o Twitter adere rigorosamente a esse princípio?”

-Publicidade-

“Dado que o Twitter serve como a praça pública de fato, não aderir aos princípios da liberdade de expressão prejudica fundamentalmente a democracia. O que deveria ser feito?”, acrescentou o empresário, com tom de mistério.

Logo depois do anúncio da compra de Musk nesta segunda-feira, as ações do Twitter apresentaram alta em algumas bolsas internacionais. A participação do bilionário equivale a quase 75 milhões de ações ordinárias, que valem cerca de US$ 3 bilhões, de acordo com o preço de fechamento da última sexta-feira.

Com 9%, o bilionário, nascido na África do Sul, se torna o maior acionista individual do Twitter. Como exemplo de comparação, Jack Dorsey, cofundador da plataforma, detém participação de somente pouco mais de 2% na empresa.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários Ver comentários

  1. Ele é um vigarista! O cara anuncia que vai criar uma rede …depois ele compra a rede que ele estava criticando …depois que as ações baixaram…

  2. O que está de volta é, acima de tudo, a liberdade de expressão, que é o cavalo de batalha de Musk. Podemos, portanto, esperar que ele pressione o Twitter para que todos tenham o direito de dizer o que quiserem quando quiserem, sem hordas de censores que venham suspender sua conta por um mês porque um algoritmo tipo boçal identificou um palavrão que não agrada o chefe da rede social em questão (o Zuck) e os chefes do TSE (não é Fuckin???).

  3. Pronto, agora esse 171 vai bloquear qualquer crítica a ele. E tem babaca que acha normal, em principalmente os miseráveis brasileiros, que são umas putas dos americanos.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.