Nokia relança celular ‘tijolão’

Modelo é uma aposta do mercado de features phones
-Publicidade-
Nokia aposta em mercado de <i>feature phone</i>
Nokia aposta em mercado de feature phone | Foto: Reprodução/Unsplash

A Nokia relançou o aparelho 6310, de 20 anos atrás. Agora, a versão conta com três opções de cores e não perdeu o famoso “jogo da cobrinha”. O cliente que optar por esse modelo básico poderá escolher entre o design verde-escuro, amarelo ou preto. O aparelho ainda não está disponível para venda no Brasil. No exterior, o preço é avaliado em aproximadamente R$ 450, pela cotação atual, sem impostos ou taxas. 

A HDM Global, atual dona da Nokia, assinou o projeto, que remete ao antigo, porém, com modificações: botões e menus maiores, tela mais curvada, câmera de 0.3 megapixels (MP) com flash, MP3 player e rádio AM. A bateria pode durar semanas sem precisar ser recarregada, característica de muitos telefones antigos.  

A aposta pode agradar a quem não se acostumou aos smartphones, já que compõe o mercado de feature phone — ou seja, celulares simples que apresentam algumas funcionalidades inteligentes. Os aparelhos são híbridos, pois têm algumas características dos modelos mais antigos e também as facilidades de modelos mais recentes, como câmera e wi-fi, além das funções básicas de ligações e mensagens. 

-Publicidade-

O mercado de feature phone no Brasil 

No primeiro trimestre deste ano, foram vendidos cerca de 706 mil features phones, segundo dados do IDC Brazil Mobile Phone Tracker. O principal motivo foi o preço, visto que são aparelhos mais baratos, se comparados aos smartphones. Outro fator que encorajou a compra desses equipamentos é o desejo de muitos consumidores de evitar o uso excessivo das redes sociais. 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.