Sinal 5G será ativado em São Paulo na quinta-feira

A capital paulista será a quinta cidade do país a contar com a nova tecnologia de internet móvel

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
A cobertura do sinal está concentrada inicialmente no chamado centro expandido da cidade
A cobertura do sinal está concentrada inicialmente no chamado centro expandido da cidade | Foto: Reprodução/Flickr

A cidade de São Paulo será a próxima a receber a rede 5G de internet de alta velocidade. A ativação do sinal está prevista para a próxima quinta-feira 4. A informação foi confirmada pelo conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Moisés Queiróz Moreira ao jornal Estado de S. Paulo. O Grupo de Acompanhamento da Implantação (Gaispi) vai se reunir na terça-feira 2 para formalizar a liberação do sinal 5G no município.

A capital paulista será a quinta cidade do país a contar com a nova tecnologia de internet móvel. A primeira foi Brasília, em 6 de julho, seguida por Belo Horizonte, Porto Alegre e João Pessoa, todas no dia 29. Goiânia, Salvador, Curitiba e Rio de Janeiro também já passam pela instalação dos filtros e serão as próximas a receber o 5G, porém ainda sem data definida.

A expectativa é que a cobertura 5G cresça rapidamente em São Paulo. “As operadoras estão colocando quase o dobro das antenas exigidas pela Anatel nessa fase inicial. Isso é um indicativo de que a competição está alta e elas têm a intenção de ampliar a cobertura o mais rápido possível”, afirmou Moreira, ao jornal.

-Publicidade-

Pelas regras do edital do 5G, as empresas têm de instalar uma antena a cada 100 mil habitantes no início das operações. Isso dá 154 antenas por operadora. Como são três no mercado (Vivo, TIM e Claro), seriam esperadas 462 antenas neste começo. No entanto, as teles já pediram autorização para instalar quase 900 antenas. Equivale a 20% da base total de 4,5 mil antenas já instaladas em São Paulo para o tráfego do 4G.

Segundo o Gaispi, a cobertura do sinal está concentrada inicialmente no chamado centro expandido da capital paulista, entre as Marginais Tietê e Pinheiros, pegando também uma boa parte da zona oeste e o começo da zona sul.

Para usar o 5G não é preciso mudar o chip ou o plano de telefonia. As companhias têm oferecido acesso livre à nova tecnologia. Basta ter um aparelho compatível com o 5G e estar dentro da área de cobertura do novo sinal. Há no mercado mais de 70 celulares aptos a captar o 5G, conforme lista homologada pela Anatel.

O 5G promete velocidade de tráfego de dados até 100 vezes superior à do 4G e um tempo de resposta entre os dispositivos praticamente instantâneo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.