Três surtos de sinceridade petista

A declaração do vereador que afirmou que um dos princípios do PT era "roubar pouco" lembrou episódios célebres envolvendo outros membros do partido
-Publicidade-

A declaração do vereador que afirmou que um dos princípios do PT era “roubar pouco” lembrou episódios célebres envolvendo outros membros do partido

Nesta quarta-feira, 8, Liédio Luiz da Silva, até então um desconhecido candidato a vereador pelo PT em Lajes de Muriaé, no Rio de Janeiro, ganhou notoriedade nas redes sociais ao divulgar um vídeo em que revela as reais intenções do partido nas eleições deste ano. “Qual é o princípio? Melhoria do nosso município e fazer muito e roubar pouco”.

-Publicidade-

A declaração lembrou episódios célebres envolvendo outros membros do partido.

Em setembro de 2010, Weslian Roriz protagonizou cenas constrangedoras durante o debate da Rede Globo entre os aspirantes ao governo do Distrito federal. Há uma semana da eleição, ela entrou na disputa no lugar do marido, o ex-governador Joaquim Roriz, que desistiu da candidatura depois de vê-la impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Visivelmente despreparada, Weslian até tentou atacar os adversários, interceder pela honra do marido e apresentar um ou outro projeto. Acabou gaguejando, trocando palavras e confundindo números. O ponto alto foi quando garantiu que iria “defender toda a corrupção”.

Recentemente, ao tentar atacar Jair Bolsonaro num evento na França, Dilma Rousseff afirmou que o presidente havia sido eleito para “destruir a destruição da soberania do país”

As cenas podem ser encaradas como atos falhos. Ou surtos de sinceridade.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.