2021: rebanho bovino mundial será o maior em 12 anos

Crescimento também será registrado na produção de carne bovina, com o Brasil e os Estados Unidos como protagonistas
-Publicidade-
Gado nelore no município de Diamantino, Mato Grosso | Foto: J.F.Diorio/Estadão Conteúdo
Gado nelore no município de Diamantino, Mato Grosso | Foto: J.F.Diorio/Estadão Conteúdo

O rebanho mundial de bovinos deve superar 1 bilhão de cabeças este ano, o que significará o maior patamar desde 2009, com um avanço de 0,7% (ou 6,4 milhões de cabeças) em relação a quantidade de animais verificada em 2020. A informação é do Centro de Inteligência da Carne Bovina (CiCarne) da Embrapa Gado de Corte, com base nos dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

Leia mais: “Países se unem para defender produção de carne bovina”

Segundo o relatório do CiCarne, sete países concentram 90% do rebanho mundial, com os Estados Unidos liderando o ranking, respondendo por 20% do volume global. Na sequência, aparece o Brasil (com 17%) e a União Europeia (12,5%). A China aparece na quarta posição, depois a Índia, Argentina e Austrália, respectivamente.

-Publicidade-

Leia também: “Exportação: setor de carnes discute novas habilitações com ministra”

Consumo

Já o consumo de carne bovina no período deve alcançar 60,04 milhões de toneladas, com alta de 1,6% em comparação com o resultado do ano passado. Os Estados Unidos, maior consumidor global, deve demandar 12,52 milhões de toneladas. E a demanda chinesa, segundo maior comprador da proteína, deve alcançar 10,08 milhões de toneladas.

Leia mais: “Tereza Cristina defende segurança alimentar no Brasil”

Para atender esse crescimento na procura, o mundo deve produzir 61,16 milhões de carne bovina este ano, 1% a mais em relação ao acumulado de 2020.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro