Agronegócio brasileiro bate recorde de exportações antes de o ano acabar

O setor faturou quase US$ 150 bilhões entre janeiro e novembro de 2022
-Publicidade-
Setor foi responsável por quase metade do faturamento com as exportações do país
Setor foi responsável por quase metade do faturamento com as exportações do país | Foto: Novikov Aleksey/Shutterstock

As exportações do agronegócio brasileiro entre janeiro e novembro somaram US$ 150 bilhões. A quantia é a maior para um ano faturada pelo setor com os embarques ao exterior. Os dados fazem parte de um levantamento da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) divulgado na quinta-feira 8.

Comparando com a receita de todo 2021 inteiro, o resultado somado nos 11 meses de 2022 já é cerca de 25% maior, conforme as informações da CNA. A quantia extra se aproxima de R$ 30 bilhões.

-Publicidade-

É como se de um ano para o outro um novo cliente do tamanho da União Europeia e outro das dimensões dos Estados Unidos começassem a importar esses produtos do Brasil. Em 2021, as exportações do agronegócio brasileiro para o bloco europeu somaram um valor próximo de US$ 20 bilhões e, para os norte-americanos, quase US$ 10 bilhões.

Até o momento, a China é o maior cliente do agro do Brasil em 2022 (perto de US$ 50 bilhões). A União Europeia ficou na segunda posição (em torno de US$ 25 bilhões), acompanhada dos Estados Unidos (praticamente, US$ 10 bilhões), Irã (US$ 4 bilhões) e Japão (pouco menos de US$ 4 bilhões).

Na pauta, a soja aparece com o maior valor em vendas (US$ 45 bilhões). Na segunda posição, aparece a carne bovina in natura (pouco mais de US$ 10 bilhões). A instituição cita ainda: milho, farelo de soja e açúcar bruto.

O faturamento das exportações do agronegócio brasileiro deste ano representam quase metade de toda a receita do Brasil com o mercado externo. Somando todos os setores da economia, o montante chega a US$ 300 bilhões entre janeiro e novembro, de acordo com a CNA.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Com a perpectiva alvissareira do PT no comando do país e com o Stédile para Ministro da Agricultura, o Agro projeta a maior safra desde os tempos de Pero Vaz de Caminha: “Nesta terra, em se plantando, tudo dá. Dá tanto que ladrão nenhum dá conta de roubar”.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.