Revista Oeste - Eleições 2022

Agronegócio da pecuária de corte vale 10% do PIB

Setor movimentou mais R$ 900 bilhões em 2021
-Publicidade-
Produtores do campo faturaram R$ 240 bilhões
Produtores do campo faturaram R$ 240 bilhões | Foto: Agência Brasil/ Divulgação

O agronegócio da pecuária de corte movimentou pouco mais de R$ 900 bilhões em 2021 no país. O dado aparece no Beef Report, relatório da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes. O montante corresponde a 10,5% do Produto Interno Bruto nacional.

“Esse volume inclui todos os negócios e as movimentações relacionados à cadeia, incluindo desde valores dos insumos utilizados na pecuária, passando por investimentos em genética, sanidade animal, nutrição, exportações e vendas no mercado interno”, informa o relatório. Ou seja: a análise leva em consideração desde os dinheiro investido no custo da produção nas fazendas até os valores gerados pela indústria de transformação.

-Publicidade-
Foto: Agronegócio da Pecuária | Reprodução/Abiec

O faturamento dos criadores e as receitas do varejo ficaram tecnicamente empatados, com cerca R$ 240 bilhões cada um. O montante coloca os dois no topo da lista de movimentação gerada pelo agronegócio da pecuária de corte. Os frigoríficos aparecem na sequência (R$ 220 bilhões).

Insumos e serviços para os produtores no campo geraram quase R$ 130 bilhões. No caso da indústria de transformação do setor, esses itens causaram a circulação próxima de R$ 60 bilhões. No varejo, esse mesmo ciclo bateu pouco mais de R$ 20 bilhões.

Dos R$ 220 bilhões movimentados com os abates nos frigoríficos, a maior parte — em torno de R$ 140 bilhões — veio do consumo no mercado interno de carnes. Cerca de R$ 50 bilhões foram conquistados com a venda do alimento para outros países. Além disso, a exportação de couro gerou R$ 7,5 bilhões para o agronegócio da pecuária.

Leia também: “Reciclagem e agropecuária lixo zero”, artigo de Evaristo de Miranda para a Edição 115 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. O jornalista que escreveu essa matéria não entende nada do conceito de PIB – Produto Interno Bruto. Somou todas as receitas de todos os elos da cadeia, quando o correto seria aferir o valor agregado em cada etapa da cadeia. Naturalmente o PIB da pecuária de corte deve ter valor próximo ao da receita dos frigoríficos – cerca de R$ 220 bilhões.

    1. O jornalista que escreveu essa matéria não entende nada do conceito de PIB – Produto Interno Bruto. Somou todas as receitas de todos os elos da cadeia, quando o correto seria aferir o valor agregado em cada etapa da cadeia. Naturalmente o PIB da pecuária de corte deve ter valor próximo ao da receita dos frigoríficos – cerca de R$ 220 milhões.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.