Agronegócio emprega 20% da população ocupada no Brasil

O número ficou próximo de 20 milhões de trabalhadores

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Despejando grãos de milho no reboque do trator após a colheita | Foto: Shutterstock
Despejando grãos de milho no reboque do trator após a colheita | Foto: Shutterstock | Foto: Analogicus/Pixabay

O agronegócio empregou quase 20 milhões de brasileiros no primeiro trimestre. De acordo com o Cepea, da Universidade de São Paulo, essa é a população ocupada pelo setor no terceiro trimestre de 2022.

O número considera trabalhadores assalariados (com e sem carteira assinada) e os por conta própria. A população ocupada ficou próxima de 100 milhões de brasileiros entre abril e junho. Ou seja: cerca de 20% dela trabalhavam no agronegócio. O Cepea fez o levantamento em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e do Ministério do Trabalho.

A quantidade de trabalhadores ocupados pelo agronegócio no segundo trimestre representa um crescimento próximo de 5% sobre o resultado em igual intervalo no ano anterior. Além disso, esse número é o maior para o período desde 2015.

-Publicidade-

“Esse avanço trata de uma recuperação de ocupações que foram perdidas pelos desdobramentos da crise gerada pela pandemia”, informam os pesquisadores do Cepea. “Dentre os segmentos, os destaques foram as agroindústrias e os agrosserviços, que apresentaram crescimentos significativos, de quase 371 mil e de 605 mil pessoas, respectivamente, perante o mesmo período do ano passado. Entre o primeiro e o segundo trimestres, especificamente, a população ocupada no agronegócio aumentou 1,9%, e isso se deve às variações positivas observadas em todos os segmentos.”

Leia mais: “O Brasil vai alimentar o mundo”, entrevista concedida por Celso Moretti, presidente da Embrapa, para a Edição 103 da Revista Oeste

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. O agronegócio brasileiro, é muitíssimo importante não só para o Brasil, como também para o mundo.

    Mas no que concerne a TERRÍVEIS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS, devemos também nos preocupar em buscar alternativas, que mantenha a sobrevivência do nosso país, em períodos de grandes secas.

    Percebe-se claramente que quando o SUL e SUDESTE do Brasil encontra-se enfrentando períodos de secas… Rios do NORTE do Brasil devido a cheias e excesso de ÁGUA, causam seríssimos problemas em Manaus, Marabá, Belém e demais cidades.

    Exclusivamente nesse caso, construir aquedutos para transportar esse excesso de ÁGUA do NORTE para o SUL e SUDESTE seria premente, não só para manter o importantíssimo agronegócio… Como também barragens que geram ENERGIA ELÉTRICA, sempre cheias.

    Devemos considerar também, que a cada dia que passa, nosso PLANETA, encontra-se mais quente.

    Venho alertando há muito tempo no meu blogger DESCOBERTAS CIENTÍFICAS AVANÇADAS, que por ser o que chamam erradamente de MUNDO MATERIAL ou UNIVERSO MATERIAL, um MACRO SISTEMA ELETROMAGNÉTICO ATÔMICO PI não interligado por primitivos sistemas de fios e sim através de pulsos eletromagnéticos emitidos, infinitamente mais avançados do que se conhece como WI-FI…

    E SISTEMAS ELETROMAGNÉTICOS até mesmo mines como nossos primitivos LAPTOPS circuitos-integrados, encontrando-se em maiores atividades de recebimentos energéticos, aquecem:

    AVISO PARA TODOS OS PAÍSES INCLUINDO NOSSO QUERIDO BRASIL:

    O REAT = REATOR ENERGÉTICO ATÒMICO TERMONUCLEAR do nosso MACRO ÁTOMO que como os antigos faraós ainda chamam primitivamente e indevidamente de DEUS SOL… Por encontrar-se em MAIORES ATIVIDADES recebendo mais ENERGIA CÓSMICA de nossa GALÁXIA, vem pulsando também mais ENERGIA CÓSMICA para o TEAT = TRANSFORMADOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR, que fica no centro do nosso PLANETA.

    TEAT = TRANSFORMADOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que fica no centro do nosso PLANETA, e que primitivos das ciências-ainda-a-avançar, chamam erradamente e primitivamente, de NÚCLEO DE FOGO.

    Recebendo mais ENERGIA CÓSMICA pulsada pelo REAT = REATOR ENEGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR indevidamente chamado de DEUS SOL…

    O TEAT = TRANSFORMADOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR, consequentemente também entra em MAIORES ATIVIDADES… Aquecendo o fundo dos oceanos, mares, rios, lagos e outros… Derretendo geleiras e calotas polares… Transformando ÁGUA SÓLIDA em LÍQUIDA… E LÍQUIDA EM VAPOR DE ÁGUA.

    VAPOR DE ÁGUA que sobe, mas que retido por diversas camadas que envolvem nosso PLANETA, dentre essas a de ozônio:

    Provoca o perceptível EFEITO ESTUFA… AQUECIMENTO GLOBAL… E DEVASTADORAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS.

    Percebam que mesmo advindo de DOIS ANOS PANDÊMICOS de baixíssima ATIVIDADE INDUSTRIAL principalmente na CHINA, nosso PLANETA, encontra-se muito mais quente!

    Quem possui um pouco de inteligência, já percebeu que tudo isso, nada tem a ver diretamente, com interferências humanas.

    Tem um brasileiro que estuda física na Suécia, que após acessar meu blogger, disse-me que iria sugerir que uma garota de lá, acessasse também.

    Desde então, meu blogger vem constantemente sendo acessado, por leitores da Suécia.

    Não só da SUÉCIA como também da ALEMANHA, ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, JAPÃO, RÚSSIA, REINO UNIDO e OUTROS.

    Será que foi por isso que a garota calou-se?

    Recebi tais CONHECIMENTOS DE DIMENSÕES SUPERIORES a essa subdesenvolvida 3° dimensão que vivemos, não para cobrá-los pelos mesmos, e sim para repassá-los gratuitamente para todos os povos.

    Digo no blogger acima citado::

    Em decorrência do que vem por aí… Não era hora de se fazer guerras, e sim de todos os povos, se unirem.

    Preparem-se!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.