China suspende compra de carnes de unidade da BRF em MT

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou que suspensão foi causada por problema 'no transporte da carga'
-Publicidade-
Pátio de distribuição da unidade da BRF | Foto: Divulgação/BRF
Pátio de distribuição da unidade da BRF | Foto: Divulgação/BRF

A Administração-Geral das Alfândegas da China (GACC, na sigla em inglês) suspendeu a importação de carnes de frango e suína da fábrica da BRF que fica em Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso. O governo chinês não informou o motivo da paralisação, somente avisou, em nota, que a barreira começou a valer nesta terça-feira, 3.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento disse que a suspensão foi causada por problema “no transporte da carga até a China”, mas não especificou o contratempo. A pasta ressaltou ainda que “a empresa vai elaborar plano de ação para evitar que fatos como esses voltem a ocorrer”.

Leia mais: “Exportação: setor de carnes discute novas habilitações com ministra”

-Publicidade-

Antes de ser notificada oficialmente, a BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, soube da notícia pelo site da GACC. A empresa disse que “tomará as medidas cabíveis e trabalhará na reversão da situação com as autoridades chinesas e brasileiras”.

 

 

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro