Etanol de milho: usinas investem para aumentar produção

CerradinhoBio vai investir R$ 1 bilhão em unidade que ficará em Maracaju, em Mato Grosso do Sul
-Publicidade-
Mercado de etanol de milho tem atraído investimentos pelo Brasil | Foto: Pixabay
Mercado de etanol de milho tem atraído investimentos pelo Brasil | Foto: Pixabay

A produção de etanol de milho no Brasil tem crescido com a instalação de novas usinas e investimentos. Um exemplo recente é o anúncio da CerradinhoBio, que investirá R$ 1 bilhão na construção de uma usina em Maracaju, em Mato Grosso do Sul. A unidade terá capacidade para produzir 510 milhões de litros de etanol, com 22 milhões de litros de óleo de milho e 310 mil toneladas de DDG, que é o milho seco usado como suplementação na alimentação animal.

Leia mais: “As 5 principais startups do agronegócio brasileiro”

Além disso, a fábrica deve processar 1,2 milhão de toneladas do grão e gerar 100 gigawatts-hora de energia elétrica. As obras estão previstas para começar no primeiro semestre do ano que vem, com conclusão em 2023. De acordo com o governo de Mato Grosso do Sul, o projeto industrial será construído às margens da Rodovia MS-157, em uma área de 115 hectares.

-Publicidade-

Mais usinas

No Paraná, a Cooperativa Agroindustrial Campo-Mourense (Coamo), a maior do país, também tem a intenção de investir no mercado de etanol de milho. A expectativa é que a assembleia da cooperativa aprove a implantação de uma usina ainda neste ano ou no começo de 2022.

Leia também: “Produção de biodiesel cresceu quase 9% no país”

Atualmente, o foco da Coamo está na soja e no trigo, mas a ideia é aumentar a industrialização do milho recebido dos produtores. Na safra 2021/22, a cooperativa deverá receber cerca de 160 milhões de sacas de grãos.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. O milho ganha em rendimento de etanol comparado à cana, mas não sei em que base. No interior, o etanol desbanca a gasolina, quanto a preço.

    1. Tá explicado, Sabrina: O etanol da cana é mais fácil de ser extraído, já que o etanol é um subproduto do açúcar. … No entanto, a cana tem menos açúcar do que o milho, e uma tonelada da comodity brasileira produz apenas 89,5 litros de etanol. Já uma tonela de milho pode produzir até 407 litros de etanol.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro