Faturamento com exportações de carne suína cresce 37% em setembro

De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior do governo federal, a receita no mês atingiu US$ 242 milhões
-Publicidade-
Volume enviado ao exterior atingiu 102 mil toneladas
Volume enviado ao exterior atingiu 102 mil toneladas | Foto: Agência Brasil

O faturamento brasileiro com exportações de carne suína fresca, congelada ou resfriada cresceu 37% no mês setembro de 2021, em comparação com o mesmo período no ano anterior. O salto foi de US$ 176 milhões para US$ 242 milhões, o volume enviado ao exterior cresceu de 76 mil toneladas para aproximadamente 102 mil toneladas. Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior do governo federal.

Leia também: “Tereza Cristina ‘defende comércio internacional aberto e livre de distorções’”

Entre agosto e setembro de 2021, houve crescimento de 23% na arrecadação com as vendas do item a outros países.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. O mundo sifu, minha gente. Depois de prender todo mundo em casa, tá faltando tudo para os gringos. O agro brasileiro, por operar numa vastíssima área aberta, e pela clarividência de JB, não sofreu nada. Tá na hora de apertar o saco desses gringos, Tereza Cristina, vamos segurar os estoques e os preços. E que o tal do Zé Trovão não encha o saco.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.