Governo de SP anuncia crédito para o agro

Além de recursos para os produtores, outras ações para o setor também foram divulgadas
-Publicidade-
Produtores atingidos por geada terão crédito emergencial de R$ 100 milhões | Foto: Joan Peramas/Flickr
Produtores atingidos por geada terão crédito emergencial de R$ 100 milhões | Foto: Joan Peramas/Flickr

O governo do Estado de São Paulo anunciou uma série de ações de incentivo aos produtores rurais. Entre as medidas estão a liberação de R$ 100 milhões em crédito emergencial para os agricultores afetados pela pandemia, seca e geadas; outros R$ 215 milhões para linhas de crédito e seguro rural; o lançamento dos programas AgroSP+Seguro, que prevê trabalho conjunto entre os municípios para garantir mais segurança no campo; e o Município AgroSP, que implantará políticas públicas voltadas ao setor em espera municipal.

Leia mais: “Confiança do agro sobe com melhora da perspectiva econômica”

Os anúncios e entregas foram realizados em cerimônia nesta quinta-feira, 12, no Palácio dos Bandeirantes. “É o agronegócio que sustenta, que promove, que alimenta e que traz orgulho para o Estado de São Paulo”, destacou o governador do Estado, João Doria.

-Publicidade-

AgroSP+Seguro

Para o trabalho de ronda na áreas rurais, o governo vai entregar viaturas específicas aos municípios. Por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento serão distribuídas 250 caminhonetes 4×4, com tração nas quatro rodas, de mais fácil locomoção em estradas sem asfalto, como ocorre em áreas rurais.

Leia também: “Conselho aprova R$ 1 bi em ajuda para cafeicultores”

Os veículos terão identidade visual do programa e serão adaptados a tecnologias como GPS e rádio comunicador. Caberá às administrações municipais, com a participação da Guarda Municipal ou da Polícia Militar, a estruturação do esquema de segurança nas áreas rurais.

Corredor sanitário 

O governo também anunciou a reativação dos corredores sanitários — medida de fiscalização da entrada e saída de produtos. As fronteiras serão monitoradas por meio da implantação de 14 barreiras fixas e 22 móveis nas divisas dos Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O objetivo é levar São Paulo ao status de região livre de febre aftosa, sem vacinação.

Queijo artesanal 

Na cerimônia também foi apresentado Projeto de Lei (PL) que prevê a regularização da produção de queijos artesanais. A proposta estabelece normas para a elaboração, sob a forma artesanal, de produtos comestíveis de origem animal e sua comercialização. O PL será encaminhado à Assembleia Legislativa.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro