Os alimentos que o Brasil produz e Marina não sabe

Agronegócio brasileiro consegue exportar comida e ainda alimentar o mercado interno
-Publicidade-
A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos - 17/01/2023 | Foto: Sandra Blaser/World Economic Forum
A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos - 17/01/2023 | Foto: Sandra Blaser/World Economic Forum

“O mundo é desigual, no meu país tem 120 milhões de pessoas que estão passando fome”, disse Marina Silva, ministra do Meio Ambiente. Entretanto, ela parece se referir a um país diferente do Brasil — que fornece alimentos para a população local e ainda exporta comida para outras nações.

A fala ocorreu na última segunda-feira, 16, em Davos, durante o primeiro dia do Fórum Econômico Mundial, para o que o diplomata norte-americano John Kerry chamou de um “grupo seleto de seres humanos”.

-Publicidade-

Os 120 milhões citados pela ministra equivalem a uma população próxima ao número de habitantes de países como Japão e o México. Contudo, segundo o Mapa da Fome da Organização das Nações Unidas, entre 2,5% e 5% dos brasileiros estão em condição de subnutrição. Ou seja: por volta de 5 milhões a 10 milhões de habitantes do “país de Marina”.

Produção de alimentos no Brasil

A verdade é que o Brasil é um dos maiores fornecedores de alimentos do planeta, e isso sem deixar de abastecer a população local. Em carnes, por exemplo, o agronegócio nacional ofertou 20 milhões de toneladas para o mercado interno em 2021, somando proteínas de origem bovina, suína e de frangos.

Desse modo, a disponibilidade desse item para os consumidores brasileiros ficou em quase 100 quilos por ano para cada habitante, conforme os dados da Companhia Nacional de Abastecimento. Essa quantidade equivale a cerca de 260 gramas diárias.

Ainda falando de proteína animal, as granjas brasileiras produziram por volta de 55 bilhões de ovos em 2021. Desse modo, por volta de 260 ovos para cada habitante por ano. E no mesmo período houve a ordenha de 31 bilhões de litros de leite.

Além disso, há a colheita de alimentos vegetais. Da mistura favorita do Brasil, arroz e feijão, a safra de 2021 soma praticamente 15 milhões de toneladas: o que equivale a quase 200 gramas dos grãos antes de serem cozidos e hidratados. De batata e mandioca, por exemplo, são mais aproximadamente 300 gramas por dia. De trigo, mais 100 gramas diárias.

E a agricultura brasileira também produz diversos outros itens, como frutas, hortaliças, cana-de-açúcar, café e os carros-chefes da produção local: milho e soja. Juntos, esses dois grãos forneceram 125 milhões de toneladas de alimentos ao mercado interno, que serviram para a fabricação de produtos como farinhas, óleos, insumos industriais e até rações animais.

Caminho inverso

Mesmo assim, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu entregar a direção da Conab — umas das mais importantes instituições federais da agropecuária nacional — ao deputado estadual Edegar Pretto (PT-RS). O parlamentar é ligado ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, organização hostil ao grande fornecedor de alimentos do Brasil: o agronegócio.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

69 comentários Ver comentários

  1. O Lula mandou 2 grandes idiotas, incompententes e rancorosos pra representar o Brasil num Foro Econômico Mundial: uma se mostrou ignorante em conhecimento econômico e social… O outro, após declaram que estudou economia 2 meses e colou sua Peça de Graduação , destilando rancor e ódio socialista a Empresas Privadas, PREGOU O BOICOTE ÀS QUE NÃO SEJAM DOS CLEPTOESQUERDISTA..

  2. Que coisa feia sair do Brasil
    Para ir falar uma besteira
    Desse tamanho. No Brasil
    Só passa fome quem não tem
    Coragem de trabalhar. Até
    Catador de Latina. Ganhar
    Dinheiro pelo nemos para comer.

  3. Este “fantasma” que como seu mentor, insiste em não enxergar a nova realidade do mundo. Precisam aprender a pensar antes de falar, pois tudo que fazem e falam, instantaneamente através da “Internet” nos quatro cantos do mundo e principalmente aqui no Brasil, é visto e escutado. Eles acreditam que a “farsa e a mentira” ainda passam despercebidas e não existe um preço a pagar e “Srª” acredite: o preço que lhes será cobrado é caro, muito caro e do lado contrário de seu muro existe no minimo, metade do povo brasileiro loucos para lhes enviar a fatura, junto com a ordem de despejo e temos certeza que apesar de todas as armações que fizeram para estarem onde estão, os tiraremos dai e restabeleceremos a ordem normal da vida em nosso pais. Não perdem por esperar. FARSAS ENCARNADAS!!!

  4. Mesmo assim, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu entregar a direção da Conab — umas das mais importantes instituições federais da agropecuária nacional — ao deputado estadual Edegar Pretto (PT-RS).

    COMO DIRIA O MuLa.

    “ISTO É DE UMA “DESÇAFSSATEZ” MUITO GRANDE COM O POVO BRASILEIRO.

    Onde estamos?

  5. Essa ministra é uma política profissional, oportunista e parasita da sociedade e, além de não trabalhar, vive às custas do fundo eleitoral.

  6. Acordou agora? Depois de 4 anos em q o Brasil foi exposto vergonhosamente pela familicia? Tá bem por fora, hein? Agora sim o Brasil irá se recuperar, devagar, mas apagaremos a vergonhacq passamos

    1. E vc deve ser um cavalo batizado! …E vou logo avisando que não sou eleitora de nenhum dos dois lados!! Mas,pelo seu comentário,nem precisa dizer qual o seu lado!!!! Machista e arrogante!

  7. É o Brasil voltando a ser piada mundial com esta “equipe” totalmente despreparada e desinformada.
    Em que mundo vivem eu me pergunto… E já respondo, no mundo dos mal intencionados!!

      1. Me diz aí quantas pessoas você conhece que passam fome, mas que passam fome mesmo.

    1. Acordou agora? Depois de 4 anos em q o Brasil foi exposto vergonhosamente pela familicia? Tá bem por fora, hein? Agora sim o Brasil irá se recuperar, devagar, mas apagaremos a vergonhacq passamos

  8. Obviamente ela se referiu as todas as pessoas que passam fome, que tem déficit de poder aquisitivo e não de quem pode obter toda a comida possível através da grande produção que a indústria brasileira produz, vende in/ex e, se for o caso, desperdiça, estraga e joga fora, mas não alimenta o ser humano pobre que não tem, de fato, o que comer. Aparentemente, o redator e os seus seguidores que não conhecem a realidade dos brasileiros que passam fome, nem de 1, quiçá de 120 milhões.

    1. Creio que imparcialidade nesta publicação passou longe, já que dado o discurso do colunista a ministra falou “asneiras” ao se referi a fome que, no nosso país, afeta apenas uma fração da população de forma à deixar invisível para pessoas como o colunista essa trágica realidade. E isto é bem evidente dada a fala do mesmo onde enaltece a disponibilidade de 100 quilos de carne para cada habitantes por ano, omitindo o fato de não haver “poder” para comprar deste número.

    2. Você leu matéria e viu o que diz estudo da ONU? Até 10 milhões e nem perto dos 120 milhões que ela citou.
      E outra o PT não tirou o povo da pobreza, como agora tem isso tudo?
      Saiam da bolha e abram os olhos.

  9. O BRASIL NÃO MERECE UMA MINISTRA MARINA E UM MINISTRO HADDAD EXTREMAMENTE DESPREPARADOS , MAS O POVO QUE FEZ O L ESTES SIM MERECEM PASSAR ESTA VERGONHA !!!

  10. Fazendo campanha em outubro o (NINE) dizia que no Brasil 33 milhões de Brasileiros passavam FOME, passaram-se apenas 16 dias de seu governo e já são 120 mil, no final deste ano certamente não teremos mais GATOS nem CACHORROS, pois já seremos iguais a VENEZUELA, triste.

    1. Triste mesmo é saber que metade do povo brasileiro é doente mental e emocionalmente,pois vivem em um mundo criado por uma mente totalmente perturbada (da qual, graças a Deus ,a outra metade do Brasil conseguiu se livrar) É uma lavagem cerebral… só pode ser! São pessoas totalmente desequilibradas e com atitudes e pensamentos terrorista! Nunca pensei que iria ver isso no meu país que tanto amo! Isso sim é triste! E uma vergonha!!!

  11. O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

    Srs editores, essa não é a condição para postar comentários? Então porque os Srs admitem agressões feitas nos comentários sobre Marina Silva? Os fins justificam os meios? Essa revista eletrônica é séria, coerente e imparcial ou é um instrumento para propagação de xenofobia e preconceito?

  12. Esta senhora deveria ser mandada de volta ao Estado dela. Foi eleita por SP sabe-se lá Deus como, se tem 120 milhões de pessoas passando fome hoje depois de 19 dias do desgoverno do dilmo a culpa é deles, afinal até o dia 31 de dezembro após 4 anos de governo Bolsonaro eram 33 milhões!

  13. Não vejo o MST como hostil ao agronegócio. Ao contrário, eles tem por objetivo fomentar o agronegócio de forma sustentável. Talvez o reporter tenha uma visão reducionista e preconceituosa deste movimento, que vem ajudando a combater a extrema pobreza. Um disparate o Brasil ser um exímio exportador de alimentos, com 33 milhões passando fome em seu território!! Absurdo. Além disso, qual é o problema da Marina não saber uma ou outra informação?

    1. Enquanto houver ideologia partidária é impossível debater qualquer coisa pra melhoria do país. É uma vergonha representar o país e falar besteira para o mundo ouvir e alguns por questões ideológicas aplaudirem. Sem condições. O Brasil já era

  14. A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, disse na terça-feira 17, durante o Fórum Econômico Mundial, que o Brasil tem 120 milhões de pessoas passando fome.

    Ao contrário do que diz Marina, a extrema pobreza no Brasil caiu em 2020 para o patamar mais baixo da série histórica dessas medições, iniciadas em 1980. Os brasileiros que vivem abaixo da linha da pobreza, considerada o marco básico para a medição da fome, caíram para menos de 2% da população — 1,9%, mais exatamente, o que equivale a pouco mais que 4 milhões de pessoas. Os dados constam no mais recente relatório divulgado pelo Banco Mundial, considerado a autoridade pública mais realista na avaliação de questões ligadas à miséria.

    Em relação a 2019, mais de 7 milhões de brasileiros saíram da miséria — pelos critérios do Banco Mundial, a situação de quem ganha US$ 2,15 por dia, ou algo como R$ 330 por mês. De 2020 para 2022, o número de miseráveis caiu mais ainda, com o começo do pagamento do “Auxílio Brasil”, de R$ 400 por mês. Ou seja, no mundo dos fatos: nunca o Brasil teve um número tão baixo de pessoas vivendo na pobreza extrema e, portanto, sujeitas à fome.

    https://revistaoeste.com/politica/declaracao-de-marina-sobre-fome-no-brasil-repercute-nas-redes-sociais/

    1. Os brasileiros estão cada vês mais comendo “sardinha” ou seja pouca cultura então, alguém escreve uma bobagem e sai todo mundo relinchando. O país na atualidade possui mais terras degradadas do que produtivas devido ao mal uso da terra. As empresas que atuam no agro na sua maioria são estrangeiras. Volvo, Mercedes, Scania, Valdra, Jonn deer, komasu, fiadallis, Hyundai, e por aí vai. Também não produzimos sensores, micro Chips, navios de capotagem e por aí vai. Quem ganha??? Vergonhosa reportagem e tendenciosa. Quem nutri o país são os pequenos produtores e nada mais e pra que não sabe a África vêm avançando como fronteira agrícola e possui uma vantagem logística imensa

  15. Esses 2 energúmenos Haddad e Marina chutando o balde da pouca reputação que o Brasil conseguiu a duras penas nos últimos 4 anos do governo Bolsonaro

  16. Professor quando sai para lecionar, ele se prepara e estuda. Essa corja está, além de despreparada, completamente alienada em relação à realidade brasileira. Vergonha.

  17. Gostaria de saber exatamente quem foi que disse que é o Agro que põe comida na mesa do brasileiro? Pois pelo o que eu seu quem coloca comida na mesa dos brasileiros são os agricultores da agricultura familiar.
    , Não obstante podemos enxergar a olho nu que a única coisa do agro realmente vai pra mesa do brasileiro é o óleo de soja,os demais produtos são TDS exportados e o pouco que fica tem preços absurdos !

    1. Você sabe tanto quanto a Marina. Por acaso a agricultura familiar não faz parte do agro? De onde você acha que vem o básico da alimentação dos brasileiros que são o arroz e o feijão? A agricultura familiar também os produz, mas não em quantidade suficiente para atender a demanda de 210 milhões de brasileiros. E o trigo, cuja produção brasileira é insuficiente e temos que importar para que haja pão na sua mesa? Não vem da agricultura familiar. De onde vem a ração para a criação de frangos e suínos, cuja base é a soja e o milho? Ou você não os consome? Em grande parte dos cosméticos que sua esposa, mãe ou filha utiliza tem derivados da soja ou outros produtos agro. Dá uma pesquisada para ver o quanto da sua vida e sobrevivência dependem do agro. Conselho para que não passes vergonha outra vez escrevendo o que escreveu acima.

  18. como pode uma pessoa ignorante como esta, mal intencionada, ir a um forum internacional e dizer disparates. Ao menos, ao ser indicada ministra pelo descondenado, deveria ter estudado um pouco os dados economicos. Aliás este conselho serve também para aquela porcaria de poste , Hadad, que diz ser doutor (assim mesmo com letra minúscula) em economia.

  19. Se essa população que não tem dinheiro para ter acesso aos alimentos, de que adianta o alimento “disponível” no mercado se ele não consegue comprar? Eu mesmo já reduzi em pelo menos 50% o consumo de proteína em função dos preços desses produtos… Esses alimentos teriam que chegar a essa população mas de uma forma que consigam realmente ter acesso.

    1. Se o teu problema é falta de proteína, pede picanha pro teu candidato mentiroso!
      Ah, antes que eu esqueça: enquanto tu aguarda chegar vai fazendo o L.

  20. Não sei se é autoengano ou má-fé por parte do autor, mas quem alimenta esse país, senhor Artur Piva, não é o agronegócio, mas sim a agricultura familiar. No agronegócio predominam as monoculturas, principalmente da soja para alimentar gado e porcos na China.

    1. Você leu a reportagem? Se leu entendeu? O Brasil é grande produtor de proteínas animais e vegetais. Abastece o mercado interno e exporta o excedente. A agricultura familiar produz muita coisa, mas não o suficiente para atender os 210 milhões de brasileiros. Tem uma resposta minha à um comentário acima. Seria interessante ler também.

  21. Vamos ser bem honestos, a prioridade do Brasil é a exportação de alimentos e os grandes latifundiários não tem foco no mercado regional, a gente tem que competir por produto produzido aqui com a demanda internacional que é dada em dólar.

  22. ESSA “GRETA CABOCLA”, SERINGUEIRA PARASITA CAVIAR, SE APROVEITOU DE UM LUGAR ONDE ESTAVA CHEIO DE GENTE QUE VEIO DOS MAIORES CONSUMIDORES DE COCAÍNA PURA DO PLANETA.

    SÓ FALTOU ELA FALAR QUE NO BRASIL TEM FOLHA DE COCA DA BOA.

    1. Uma coisa é produzir alimentos , outra é a população ter acesso a eles .Frutas , verduras , legumes e carnes são itens de luxo nas refeições da maioria da população .

      1. quem critica preços de alimento com certeza nunca plantou um pé de mandioca, vai plantar colher depois depois você pode criticar.

  23. Sou evangélico, a favor da família, natureza sustentável, mais em primeiro lugar, a humanidade (homem)! Pois Deus morreu pelo homem e não pelos animais. Essa criatura que é ministra e se diz cristã é uma vergonha pra nós cristãos e não nos representa, muito menos o “cidadão” que se elegeu presidente do Brasil. Espero que nas próximas eleições possamos ter alguém que tenha amor ,respeito e senso de justiça pelo povo e o Brasil.

    1. Falou um monte e não disse nada. Para a sua seita o cara que saiu era mais humano e melhor atendia a população? Conspirar para mandar seu povo pra falar com Deus mais rápido é de sua aceitação?

  24. Débil mental e mentirosa. O próprio IBGE esclarece qual é a produção brasileira. O MAPA e a CONAB também sabem. Vai mentir assim noutro lugar.

  25. *[Atenção]* Desde 09/jan/2023, a Polícia Federal está monitorando vários grupos do WhatsApp e do Telegram para identificar possíveis apoiadores de um golpe de Estado. Os principais alvos da PF são militares, policiais, funcionários públicos, pastores e padres. As informações estão sendo repassadas ao Governo Lula e a veículos da imprensa alinhados ao novo governo: https://noticias.uol.com.br/colunas/chico-alves/2023/01/18/grupos-de-pms-do-df-difundem-fake-news-e-mensagens-golpistas.htm

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.