Prejuízo pelo embargo da China à carne brasileira pode superar US$ 1 bilhão

País asiático barrou entrada do produto há dois meses após confirmação de dois casos da doença da vaca louca
-Publicidade-
Carne brasileira segue sem previsão de embarque para a China.
Carne brasileira segue sem previsão de embarque para a China. | Foto: Agência Brasil/ Divulgação

O Brasil está impedido de exportar carne bovina para o mercado chinês desde 4 de setembro, por conta dos dois casos suspeitos do mal da vaca louca detectados nos Estados de Minas Gerais e Mato Grosso. O embargo ocorre em razão do acordo firmado entre os países, que prevê a parada das negociações em situações como esta.

Com o bloqueio, a desvalorização no valor da arroba bovina já ultrapassou 11,8% no último mês, ocasionando a primeira queda no preço médio das carnes no mercado interno em 16 meses, segundo o IPCA-15, que rege a prévia da inflação oficial.

-Publicidade-

Especialistas e pecuaristas esperavam a retomada breve das atividades, mas devido à relutância do governo chinês em liberar o embarque dos animais, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) estima prejuízo de até US$ 1,8 bilhão caso as exportações continuem suspensas até dezembro deste ano.

Segundo comunicado oficial da Organização Mundial de Saúde Animal, não há risco de contaminação de rebanho para a cadeia produtiva brasileira. Sem previsão para resolver o impasse, representantes dos dois países tentam conter a crise e evitar desgaste diplomático.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.