Agência de checagem diz que a inflação no Brasil é maior que na Argentina

A Lupa, do grupo Folha de S.Paulo, desmentiu-se ao analisar frases do presidente Jair Bolsonaro, durante uma entrevista ao podcast Cara a Tapa
-Publicidade-
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A agência de checagem Lupa, do grupo Folha de S.Paulo, desmentiu-se ao analisar frases do presidente Jair Bolsonaro, durante uma entrevista ao podcast Cara a Tapa. A gafe ocorreu quando a empresa tentou explicar que a inflação brasileira é maior que a da Argentina, comandada pelo peronista Alberto Fernández.

“No Brasil, o IPCA acumula alta de 10,07% nos últimos 12 meses, segundo o IBGE”, publicou a Lupa. “Ou seja, a inflação mensal na Argentina está em 7,4%, enquanto a brasileira está em 10,07%, índice 36% maior do que o argentino.”

Completamente diferente do que informou a agência, a economia brasileira registrou deflação de quase 0,70% em julho. Na Argentina, a inflação anual alcançou 71% — e tende a piorar.

-Publicidade-

Para tentar justificar seu analfabetismo aritmético, a Lupa publicou um segundo post, ainda mais incompreensível: “A comparação das inflações mensal da Argentina e anual do Brasil foi feita por Bolsonaro. A Lupa mostrou os índices (julho Arg: 7,4%; últimos 12 meses BR: 10,07%), indicando que a frase foi exagerada. A inflação anual é maior na Argentina (de 71%), como explicado na checagem”.

Publicado no domingo 14, o post que contém a primeira desinformação ainda não foi apagado.

Agência de checagem atacou a Revista Oeste

Em 31 de julho de 2020, a Aos Fatos qualificou de “fake news” uma reportagem de Oeste que expunha a verdade. O texto informava que, diferentemente do que imaginava a imprensa tradicional, a Floresta Amazônica não estava em chamas.

A truculência se repetiu em 17 de março de 2021, desta vez mirando uma reportagem sobre a pandemia de covid-19 na cidade mineira de São Lourenço. Enquanto o restante do país era castigado pelo agravamento da tragédia, o município de 46 mil habitantes completava a terceira semana sem registrar mortes — em 15 de março, não havia um único paciente internado na UTI.

Alheia às provas da veracidade do que Oeste publicara, a agência de checagem continuou poluindo os textos com o carimbo: “fake news”. No Facebook, uma tarja sobre a foto que ilustrava os posts de todos aqueles que compartilhavam os textos vinha acompanhada de um alerta: “Informação falsa — Checada por verificadores de fatos independentes”.

Em abril deste ano, Oeste venceu a segunda batalha judicial contra a prepotência da autodenominada agência de checagem. Aos fatos: “A censura pelos indivíduos — incluídas as pessoas jurídicas — à liberdade de expressão, de manifestação ou de opinião, sob qualquer aspecto ou pretexto, não é condizente nem compatível com qualquer dos princípios norteadores da sociedade democrática vislumbrada pelo constituinte de 1988”, afirma um trecho da sentença do juiz Marcelo Augusto Oliveira, da 41ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo. “Aspirações de proteger a sociedade não só contra notícias falsas, mas contra qualquer potencial ameaça, desde um ponto de vista supostamente isento e superior, flertam perigosamente com o totalitarismo.”

Leia também: “Checadores de ideias”, reportagem publicada na Edição 55 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

42 comentários Ver comentários

  1. Eles estão é cada vez mais produzindo provas contra eles mesmos, ou seja, contra essa velha, suja e carcomida mídia que já está convalescendo!

  2. As chamadas agências de checagem de fatos (fact checking), em sua grande maioria com viés de ESQUERDA, não existiam até que a VERDADE começou a ser REVELADA!

  3. Manda essa checagem da Folha Bosta de São Paulo para um bom e sonoro, desculpem: “PARA A PQP”! Gente chata, com um STF conivente com a esquerda dos infernos dos nove DEDOS!

  4. Mano,a noticia já foi dada nós sabemos que é mentira mais a grande maioria do país se alimenta dessas mentiras.Vamos a noticia:Inflação no Brasil é maior que na Argentina.É mentira claro sabemos disso, já era foi divulgada,acabou,pode recolher a informação mentirosa o povo foi informado na mentira.

  5. Revista Oeste, revista oeste, a desfinformação foi do presidente, que tanto sabe sobre economía e outros assuntos, ele que fez a comparação torta. A agência apenas trouxe os valores corretos para o “modelo matemático” que o doutor em fake news criou. Desinformação a gente vê por aqui, o que aliás, é perfeitamente compreensível, já que quando ela é a favor da seita, está tudo certo; quando não é porque trata-se de comunismo. Piada pronta esse Brasil.

    1. Vai estudar matemática básica amigo e pare de falar barbaridades. É um erro absurdo comparar índices de inflação mensal com anual. A comparação deve ser feita sempre na mesma base de tempo. A propósito, em qualquer base de tempo, seja diária, semanal, mensal, ou anual, a inflação na Argentina está muitíssimo pior q a brasileira.

  6. UOL, Folha, Estadão, JN, G1, Globo, CNN, CBN entre outro viraram puxadinhos do PT. Vergonhoso ler qualquer notícia nestes lixos de desinformação.

  7. Não é analfabetismo aritmético, é má intenção e falta de caráter mesmo. Para as pessoas mal informadas esse tipo de noticia da Lupa atinge seu objetivo.

  8. Vivemos uma época onde um a um dos normais de esquerda são enterrados na própria irrelevância. São incapazes de se sustentar como imprensa pois foram abandonados pelos leitores. Sobrevivem de recursos extra-jornalismo, muitos deles inconfessáveis.

  9. Essa agência LUPA,formada por vigaristas e picaretas da pior espécie,está na lista de pagamentos do instituto Serrapilheira, segundo matéria do BSM.
    https://www.brasilsemmedo.com/atila-iamarino-recebeu-r-360-mil-em-2021-para-defender-lockdown-aponta-infectologista/

  10. grupo folha de são paulo além de esgoto da noticia…Eles não estudaram matemática, são simplesmente burros – Vil e mentecaptos … esgoto e potestades satânicas.

  11. Essa turma “viajandão” pensa que tem “lifes” sem fim, tal como em videogames pirateados, coisa da inconsequência dos hormônios da adolescência. Quando a coca diminuir no cérebro dessas vítimas, alguns poucos vão se recuperar, uma lástima. O resto, será o resto, por opção pessoal, desses caçadores de pokemon apoiados por seus pais esquedopatas, parasitas sociais.
    Rogo para que esses pais do “panelaço fora Bolsonaro”, reconheçam a merda q fizeram , e olha que COVARDIA, logo contra vulneráveis, seus próprios filhos, que vergonha. Canalhas, esperam apenas vantagens pessoais do regime da vez.

    1. 99% de Laranjeiras Rio de Janeiro – RJ é isso. Uma Vergonha. É um exército de zumbis vagabundos no bairro: funcionalismo público em peso. Imaginem:
      – “cantor(es)(is)” líricos(as)(bichonas e sapatões mirins), que não cantam
      – músicos que se confundem no dórémí.
      – professores, acadêmicos medíocres, que não ensinam. Somente pervertem criminosamente essa juventude perdida.
      ATENÇÃO: senhores e senhoras acadêmicos(as)(es)(is)(os)(us) fakes ou não, cuidado. Já há vagas na fila do PDVC – Programa d Demissão Voluntária “Compulsório”.
      Vagabundagem intelectuóide, vão ter que trabalhar, se antes não tiverem que puxar cadeia, canalhas.

      1. Esqueci de mencionar que, dentre os 99% do povo do bairro de Laranjeiras Rio de Janeiro – RJ: há centenas de profissionais do setor privado ou público, reles incompetentes, que não produzem nada. Parece que há um imã para essa gente inútil. Beberrões dos botecos da Praça São Salvador, profissionais fracassados sem noção ou somente os parasitas sociais mesmo. Só reclamam da vida, apoiam greves em favor próprio inconfessável, exigem aumento de salários, passeiam com os cães, fingindo que estão em home office pelo federal, estadual ou municipal, e as vezes, perdem a noção e questionam porque você, um trabalhador, não adotou um cão. Deveria perguntar-lhes porque não adotaram um filho humano.
        Deixa pra lá gente, não adianta com esse pessoal. Página virada. Não vai ter perdão.

  12. Quem checará os checadores? Esses iluminados se acham o último biscoito do pacote. Vêem fake news até nas palavras de Jesus. São os negacionistas da verdade.

  13. Onde está a novidade ? A Foice de SP já é uma mentira faz tempo, tendo deixado de ser um jornal para ser uma publicação militante a serviço da esquerda.
    Seria muita ingenuidade esperar que sua agência de checagem serviria para alguma coisa boa e minimamente aproveitável.
    A melhor serventia da edição impressa da Foice é ser usada para os pets…

  14. Este processo está embutido no que hoje chamam, cinicamente, de estado de direito, conforme carta pela democracia com assinaturas falsas lida recentemente em apoio ao petismo.

  15. A Verdade. Sempre Paasou Longe, dos Vagabundos Esquerdalhas. A comerçar pelo Chefão. Um Bandido Condenado . Que Mente Mais , que Vendedor de Cavalo

  16. A nossa justiça e a nossa tradicional imprensa está descendo a cada dia mais ladeira abaixo! Já chegaram no fundo do poço e continuam cavando! Poucos se salvam como a JP News, a revista oeste!

    1. Como pode a folha de São Paulo, um jornal que vive da mentira, ter uma agência de checagem de notícias, deve ser uma extensão do data folha.

      1. Esse grupinho formado por Folha, Globo & Cia. se habituou à doutrinar e formar opiniões durante anos e não aceitam que a maior parte dos brasileiros agora pensa…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.