Anvisa aprova nova fábrica para produzir a vacina da Pfizer

A unidade fica no Estado norte-americano de Indiana
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Anvisa
Foto: Divulgação/Anvisa

Na terça-feira 31, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a inclusão da empresa Exelead como uma “fabricante alternativa” da vacina da Pfizer contra a covid-19. Com a medida, a unidade está autorizada a produzir o imunizante para ser enviado ao Brasil.

Leia também: “Pfizer vai produzir vacinas no Brasil”

“A introdução da unidade do estado norte-americano de Indiana aprimora a capacidade de fornecimento da nanopartícula lipídica (LNP) e de formulação do medicamento a granel”, informou a Anvisa, em nota. “O produto fabricado na Exelead é transportado até o local das etapas de envase e embalagem”.

-Publicidade-

A instituição brasileira ressaltou ainda que “todas as vacinas e medicamentos fornecidos para o Brasil precisam ter a sua cadeia produtiva integralmente autorizada pela Agência”. Assim, “cada nova planta fabril incluída deve estar de acordo com os requisitos de boas práticas de fabricação.”

O pedido para a inclusão foi formalizado em 24 de agosto. A Anvisa concluíu a análise técnica da documentação enviada pela Pfizer no dia 27.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro