Revista Oeste - Eleições 2022

Anvisa decide sobre CoronaVac para crianças e adolescentes

Diretores do órgão regulatório sanitário avaliam um pedido apresentado pelo Instituto Butantan
-Publicidade-
Instituto Butantan é responsável pela produção da Coronavac no Brasil | Foto: Reprodução/Flickr
Instituto Butantan é responsável pela produção da Coronavac no Brasil | Foto: Reprodução/Flickr

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) se reúne nesta quinta-feira, 20, para decidir sobre a possibilidade de uso da vacina CoronaVac para crianças e jovens de 3 a 17 anos de idade.

Os diretores do órgão regulatório sanitário do Brasil avaliam um pedido apresentado pelo Instituto Butantan em dezembro do ano passado para o uso emergencial do imunizante.

Assista ao vivo

-Publicidade-

A decisão será tomada pela diretoria colegiada da Anvisa, já que se trata de uma aprovação para uso emergencial. Cada diretor elaborará seu voto e, caso haja maioria simples para a aprovação, o uso emergencial será concedido.

Até agora, a única vacina que teve aprovação para uso pediátrico no Brasil foi a da Pfizer. Em dezembro, a Anvisa autorizou o uso do imunizante em crianças de 5 a 11 anos de idade.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Vacina aprovada para uso emergencial.OK.
    Mas qual é a emergência?
    As UTI’s infantis estão cheias de crianças com covid por acaso?
    Isto é só $$$$$$$$

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.