Anvisa recebe pedido de uso emergencial da vacina CanSino

Os estudos apontam que o imunizante reduz em 95% os casos graves da covid-19
-Publicidade-
A vacina de dose única é fabricada pelo laboratório chinês CanSino
A vacina de dose única é fabricada pelo laboratório chinês CanSino | Foto: China Daily/Reuters

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, na quarta-feira 10, um pedido de uso emergencial da vacina de dose única fabricada pelo laboratório chinês CanSino contra a covid-19.

A solicitação foi feita pela empresa Biomm, que representa o laboratório no Brasil. Segundo a Anvisa, o pedido já está em análise.

Não é a primeira vez que uma empresa pede autorização para aplicação da vacina no país. Em maio, a empresa Belcher Farmacêutica do Brasil enviou o pedido de autorização, mas o imunizante não chegou a ser avaliado pela Anvisa porque o laboratório chinês rompeu o acordo comercial com a sua empresa representante.

-Publicidade-

Na época, a Belcher Farmacêutica informou que a vacina da CanSino foi testada em 40 mil voluntários maiores de 18 anos em 5 países: Paquistão, Rússia, Chile, México e Argentina.

Os estudos de fase 3 apontaram que depois de 28 dias da aplicação do imunizante houve redução de 68% no número de casos sintomáticos da covid-19, e 95% nos casos graves da doença.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. É sempre desse jeito, tudo na base da emergência. Imaginem se estivéssemos numa guerra real com milhares de chineses invadindo por todos os lados? Se depender de uma certa senadora do Tocantins, serviria de capacho para eles passarem por cima, quem sabe até cobri-la, depende do gosto de cada um.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.