-Publicidade-

Anvisa responde às críticas de Doria e diz que análise de soro requer atenção

Tucano disse que 'falta senso de urgência' da agência
Governador de São Paulo, João Doria| Foto: Governo do Estado de São Paulo
Governador de São Paulo, João Doria| Foto: Governo do Estado de São Paulo

A Anvisa respondeu a críticas feitas pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), sobre a “burocracia” envolvendo o soro anticovid desenvolvido pelo Instituto Butantan. Pelas redes sociais, o tucano disse que “falta senso de urgência”.

Em resposta, a agência afirma que não foi apresentado o protocolo clínico da pesquisa, “documento básico, primário, para qualquer pedido de pesquisa clínica em seres humanos”. A Anvisa destaca que, sem nenhum estudo realizado em humanos, o tema “requer atenção da agência reguladora na análise”.

Leia mais: “Doria e Covas batem boca sobre novas restrições em São Paulo”

Segundo o governo de São Paulo, o soro é produzido a partir do plasma doado por pessoas que já se recuperaram da covid-19 e deve ser usado até 72 horas após os primeiros sintomas, evitando que quadros mais graves da doença se desenvolvam.

Uma reunião entre o órgão regulador e o Butantan ocorreu nesta sexta-feira, 19, para tratar das informações faltantes, e o instituto ainda deverá responder a exigências técnicas.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 comentários

  1. espera um minuto. não se pode tomar nenhum remédio pois a “sienssia” não permite. agora quer agilidade/urgência em algo que não foi testado, entrega a solicitação sem o básico, só para falar que o PR está atrasando, que é genocida e etc…? nem o entrevistador inglês acreditou no que ouvia de tão absurdo que era… por que Deus nos abandonou? só falando assim… estou rezando para passar 2 anos rapidamente para tirar ele da política. é revoltante

    1. O ministro Salles usou a expressão “PASSA UM BOI PASSA UMA BOIADA” nas burocracias ambientais redundantes…..
      O governadorzinho quer que a ANVISA pratique a frase desconsiderando os protocolos de segurança mínimos que a instituição deve aos brasileiros.

  2. Quer dizer que agora o calça apertada tá defendendo remédios sem comprovação científica? Virou “negacionista”?

  3. Comentar algo que venha de Dória é pura perda de tempo e de energia. No entanto, foi a nossa omissão por não querer perder tempo com a corrupção, ao acreditarmos que o sistema funcionava um mínimo necessário para deter seus agentes mais criminosos, que a situação chegou ao estágio atual, ao ponto de uma inversão total de valores com o apoio quase que integral da imprensa, dos artistas tops, do pessoal do Direito, dos sindicalistas e da marginalidade de um modo geral.
    Lamentavelmente, temos de perder tempo sim, caso queiramos resgatar o País das mãos da corrupção!

  4. È simples e so recomendar que a Anvisa não se responsabiliza pelos efeitos do remédio que não foi adequadamente testado e que a responsabilidade recai sobre o fabricante. Será que o Agripino segura essa

  5. Esse showman de araque.., deveria entregar o chapéu e pedir desculpas pelo estrago feito há um ano.., quando convocou o mundo para o carnaval de rua de SP , já sabendo do vírus..!!

  6. Pra bom entendedor meia palavra…
    Já passou da hora dos brasileiros de bem trabalhadores reagirem com objetividade!
    Pessoas se atirando de prédios e viadutos, crianças chorando de fome em casa de mães e pais sem comida, enquanto (des)governantes tiranos com proteção policial paga por estes mesmos pais e mães enviam bilhões para paraísos fiscais ditam lockdown!
    O teatro fajuto da pandemia é a desculpa dos corruptos,.
    Verdadeiros assassinatos nos hospitais, revelados em inúmeras denúncias de desligamento de oxigênio e super dose de remédios, transparência zero de aumento de leitos depois de 01 ano de anarquia, etc.
    Temos de ESTANCAR essa hemorragia de INFORMAÇÕES DOUTRINADORAS do povo menos esclarecido!!
    E as ações TEM de começar com o combate aos jornalistas MILITANTES do EXTERIOR, meia dúzia de jornalecos “”influentes”” dando apoio aos corruptos de nosso país!
    Resumindo: – Vamos parar de perder tempo tentando mostrar que a grama é verde, aprendamos os métodos com eles, VAMOS AGIR no mesmo campo de batalha minando todos os jornalistas militantes!! Fora com eles!

  7. Genocidas, a maioria dos Governadores. Começa pelo seu lider( Calça apertada).Concordo que existem maus jornalistas militantes, tanto aqui dentro do Brasil, como fora dele. Almejo que após essa pandemia esses maus brasileiros que estão sendo responsáveis pela mortes de nossos compatriotas, nos hospitais e de fome sejam julgados e condenados. Pedir desculpas não serve.
    É NOSSA OBRIGAÇÃO combater diuturnamente, sem tréguas, esses jornalecos e pessoas. Temos que expor nossas idéias democráticas e de família que somos por natureza.
    A nossa Bandeira é verde e amarela e nunca será vermelha.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.