Após esperar três dias por leito de UTI, ex-governador de Goiás morre de covid-19

Helenes Cândido, de 86 anos, governou o Estado em mandato 'tampão' entre 1998 e 1999
-Publicidade-
Helenês Cândido foi prefeito, deputado estadual por três mandatos e governador
Helenês Cândido foi prefeito, deputado estadual por três mandatos e governador | Foto: Divulgação

O ex-governador de Goiás Helenês Cândido (MDB) morreu de covid-19, na noite de quarta-feira 17, depois de esperar três dias pela liberação de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele tinha 86 anos e faleceu em uma ambulância, no momento em que estava sendo transferido de Santa Helena de Goiás para Caldas Novas, no sul do Estado. Ele passou dias internado em um hospital de campanha em Santa Helena.

Leia mais: “Ministério da Saúde libera recursos para mais 1.608 leitos de UTI em SP”

-Publicidade-

Cândido foi prefeito de Morrinhos (GO), deputado estadual por três mandatos e governador do Estado durante um mandato “tampão”, entre 1998 e 1999. O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSB), decretou luto oficial de três dias.

Em janeiro deste ano, outro ex-governador goiano morreu vítima da covid-19: Maguito Vilela (MDB), aos 71 anos, poucos meses depois de ser eleito prefeito de Goiânia.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.