Bolsonaro admite que ‘fundão’ pode ficar em R$ 4 bilhões

'Se eu vetar o que está na lei, estou incurso em crime de responsabilidade', afirmou o presidente
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro indicou que o 'fundão' eleitoral será de R$ 4 bilhões para 2022
O presidente Jair Bolsonaro indicou que o 'fundão' eleitoral será de R$ 4 bilhões para 2022 | Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta segunda-feira, 26, que o fundo eleitoral destinado aos partidos políticos para as eleições de 2022 pode ficar em cerca de R$ 4 bilhões. O Congresso Nacional aprovou o aumento do “fundão” de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões — a medida foi criticada pelo próprio Bolsonaro.

“Vou deixar clara uma coisa: vai ser vetado o excesso do que a lei garante. A lei [garante] quase R$ 4 bilhões ao fundo. O extra de R$ 2 bilhões será vetado”, afirmou o presidente em conversa com apoiadores ao deixar o Palácio da Alvorada nesta manhã. “Se eu vetar o que está na lei, estou incurso em crime de responsabilidade. Espero não apanhar do pessoal por aí, como sempre”, completou Bolsonaro.

Leia mais: “Bolsonaro confirma que vetará aumento do ‘fundão’ para R$ 5,7 bilhões”

-Publicidade-

Na semana passada, o presidente usou as redes sociais para anunciar que vetaria o aumento do “fundão” para R$ 5,7 bilhões.

Leia também: “‘Não votei a favor do fundão. Votei a favor da LDO’, diz deputada do PSL”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro