Bolsonaro é internado para exames, e reunião com chefes dos Poderes é cancelada

Presidente vem sentindo dores abdominais nos últimos dias; ele também sofre com crises de soluço
-Publicidade-
Jair Bolsonaro foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília
Jair Bolsonaro foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília | Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro foi internado nesta quarta-feira, 14, no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, para realizar uma série de exames. Segundo informações da CNN Brasil, ele vem sentindo dores abdominais.

A reunião com os chefes dos demais Poderes — Rodrigo Pacheco, do Senado; Arthur Lira, da Câmara; e Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) —, que estava programada para hoje, foi cancelada. Uma nova data para o encontro ainda não foi divulgada.

Leia mais: “Bolsonaro: ‘O que querem é a volta da impunidade e da corrupção’”

-Publicidade-

Além das dores abdominais, o presidente vem se queixando de crises de soluço nos últimos dias. Informações preliminares indicam que Bolsonaro teria sofrido uma reação a uma anestesia para tratamento odontológico recente.

“Eu estou sem voz, pessoal. Se eu começar a falar muito, volta a crise de soluço. Está ruim de falar”, disse Bolsonaro na terça-feira 13, em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada.

Leia também: “Bolsonaro chama Lula de ‘bandido’ e afirma que petista ‘não pode andar na rua’”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site