Butantan testa ‘isolamento eficiente’ no interior de São Paulo

Batatais e Taquaritinga foram as cidades escolhidas
-Publicidade-
Instituto Butantan: projeto de testagem, rastreamento e monitoramento em Batatais e Taquaritinga
Instituto Butantan: projeto de testagem, rastreamento e monitoramento em Batatais e Taquaritinga | Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Os municípios de Batatais e Taquaritinga, localizados no interior paulista, serão objeto de um estudo do Instituto Butantan. O chamado “Isolamento Inteligente” tem a intenção de testar, rastrear e monitorar a transmissão local da covid-19. Em Batatais, o projeto se inicia neste sábado, 29. Em Taquaritinga, na próxima quinta-feira 3.

Por meio do aplicativo Tainá/Global Health Monitor, os moradores terão de fazer, diariamente, uma autoavaliação. Se ela indicar que a pessoa pode ter a doença, ou já estar com sintomas, ela será orientada a se dirigir a uma unidade básica de saúde (UBS) e fazer um exame para detectar a covid-19. O Instituto Butantan vai fornecer os testes rápidos de antígeno e de RT-qPCR, que serão distribuídos para as UBSs dos municípios.

-Publicidade-

Os resultados dos testes, além de dicas de prevenção, endereço de hospitais mais próximos e mapas de risco, chegarão pelo app. Se o resultado for positivo, a pessoa terá de permanecer em isolamento em casa.

Por meio do aplicativo, o morador também vai ser notificado sobre casos positivos para a covid-19 próximos de seu endereço e, desta forma, monitorar sua exposição ao vírus. Os dados dos participantes são sigilosos.

O instituto também informou que vai realizar um inquérito domiciliar em cerca de duas mil residências de Batatais e Taquaritinga, por três meses. Cada município vai ser dividido em 11 regiões e, em cada uma delas, serão sorteadas residências que receberão a visita de agentes de saúde. Todos os moradores poderão fazer o teste rápido para detectar a presença do novo coronavírus. Um novo sorteio vai ocorrer a cada 15 dias, com a seleção de novas casas.

De acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas: “Com o isolamento inteligente, será possível manter as pessoas infectadas em suas residências e monitorar os contactantes em tempo real. Essa medida, aliada à vacinação, pode contribuir para que gradativamente os municípios possam manter suas atividades econômicas e, ao mesmo tempo, conter a transmissão do vírus”.

Leia também: “Covid-19: Hemorio estuda tratamento com plasma de vacinados”

Com informações Agência Brasil

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site