Campanha no Twitter propõe censurar documentário da Brasil Paralelo

Filme O fim da beleza está marcado para ser exibido hoje na Universidade Federal do Paraná
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Brasil Paralelo
Foto: Reprodução/Brasil Paralelo

A página “Brasil para Lerdos” está liderando uma campanha no Twitter para censurar o documentário “O fim da beleza”. De autoria da produtora Brasil Paralelo, o filme discute a decadência dos padrões artísticos no Brasil e no mundo. A obra foi mostrada em algumas escolas e faculdades do país.

A exibição está marcada para a noite desta quinta-feira, 3, na Universidade Federal do Paraná. “É inadmissível este tipo de conteúdo sendo propagado em universidades públicas. Conto com vocês para compartilhar e pressionar para impedir essa exibição”, pediu ontem o perfil da Brasil para Lerdos.

“Ironicamente, um filme que critica o autoritarismo está sofrendo tentativa de censura”, disse Lucas Ferrugem, um dos sócios da Brasil Paralelo, a Oeste. “Trata-se de um documentário com a presença de acadêmicos nacionais e internacionais, de ampla reputação e com uma bibliografia extensa. Logicamente estamos abertos a críticas.”

Ferrugem criticou as prioridades das universidades brasileiras. “Precisam aprender a dialogar em vez de tentar proibir”, constatou. “Eles podem defender um mictório como arte, crianças tocando em um homem nu como arte, mas não podemos defender as obras de Florença, Veneza e Michelangelo?”

Procurada pela Revista Oeste, a universidade ainda não se manifestou. O espaço está aberto para o posicionamento da instituição acadêmica.

Leia também: “(Super) Heróis da Liberdade”, reportagem publicada na Edição 79 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.