Carlos Gilberto Carlotti Júnior vence eleição para reitor da USP

Havia apenas mais um nome na disputa; ambos serão encaminhados para decisão do governador João Doria (PSDB)
-Publicidade-
Carlos Gilberto Carlotti Júnior, de 61 anos, foi o mais votado em eleição para a reitoria da USP
Carlos Gilberto Carlotti Júnior, de 61 anos, foi o mais votado em eleição para a reitoria da USP | Foto: Reprodução

O neurocirurgião Carlos Gilberto Carlotti Júnior, de 61 anos, foi o mais votado na eleição para reitor da Universidade de São Paulo (USP), realizada na quinta-feira 25. Esta foi a primeira vez em que a votação foi feita totalmente on-line.

Além de Carlotti Júnior, havia apenas mais um candidato na disputa: o físico Antônio Carlos Hernandes. Os dois nomes serão encaminhados ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Historicamente, o primeiro colocado na votação é nomeado reitor.

Carlotti obteve 1.156 votos, enquanto Hernandes teve 795. “Temos propostas inovadoras e precisamos do apoio da comunidade. Queremos fazer uma gestão disruptiva”, afirmou, logo depois da confirmação do resultado. “Queremos melhorar a situação de gênero, étnico-raciais, para ter uma universidade mais equânime.”

-Publicidade-

A vice-reitora na chapa de Carlotti é a professora de Sociologia Maria Arminda do Nascimento Arruda, que foi coordenadora do escritório USP Mulheres.

A votação eletrônica na universidade teve participação de 1,8 mil professores, 200 estudantes e mais de 80 servidores técnico-administrativos. Também participaram 26 representantes de outros grupos da sociedade, como associação de ex-alunos.

O presidente da comissão eleitoral e diretor da Faculdade de Direito da USP, Floriano de Azevedo Marques, anunciou o resultado em uma live no YouTube.

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Pois é, com esta plataforma proposta quem sabe a USP afunde mais no ranking das melhores instituições de ensino ( internacional, claro , porque com o orçamento gordo tem que ser comparada desta forma).
    Pobres jovens …
    Acorda USP , acorda SP , exemplo de como as coisas esta absurdas e patéticas por aqui …

  2. Olha só a preocupação desse “mala”!!! O estudo no Brasil tá uma m…e esse cheirador de “bosta seca” tá com o tico e teco fundido…O que vale é o “papel” (diploma).

  3. Aumentar salários, mordomias, “inclusão anti-social”, etc… Trabalho sério com o retorno do dinheiro suado dos impostos que foram usurpados dos contribuintes, nem pensar !!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.