Censo 2020: Escolas públicas perderam quase 650 mil matrículas

Dados são anteriores ao fechamento das escolas devido à pandemia 
-Publicidade-
Foto: Canva
Foto: Canva | escolas abertas x prefeitura de são paulo

Dados refletem situação anterior à pandemia e têm 11 de março como data de referência

escolas abertas x prefeitura de são paulo
Foto: Canva
-Publicidade-

As escolas públicas do Brasil perderam quase 650 mil matrículas entre 2019 e 2020, de acordo com dados do Censo Escolar da Educação Básica 2020, divulgados nesta quinta-feira, 31. Foram mais de 35,9 milhões de alunos matriculados na educação básica pública em 2020; em 2019, eram 36,6 milhões. Os dados refletem a situação anterior à pandemia, e têm 11 de março como data de referência.

De acordo com o Censo, as maiores perdas em matrículas ocorreram na educação básica pública:

• Queda de 30,4% no ensino fundamental dos anos finais (6º ao 9º ano);

• Queda de 21,21% no ensino fundamental dos anos iniciais  (1º ao 5º ano);

• Queda de 10,15% na educação de jovens e adultos do ensino fundamental.

Leia mais sobre o tema educação: 

“A formação que deforma”

‘A educação que seu filho recebe é da pior qualidade’

 

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site