Revista Oeste - Eleições 2022

Juiz manda IBGE incluir identidade de gênero e orientação sexual no Censo

Decisão ocorre depois de pedido do Ministério Público Federal
-Publicidade-
Censo populacional amplo ocorrerá em 2022 | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Censo populacional amplo ocorrerá em 2022 | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Em decisão liminar e inédita, a Justiça Federal determinou que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inclua no Censo 2022 perguntas sobre identidade de gênero e orientação sexual.

Esta decisão ainda precisa ser julgada no mérito. A ação foi movida pelo Ministério Público Federal (MPF). O argumento é que faltam dados estatísticos sobre a população LGBTQIA+, o que para o órgão federal dificultaria a criação de políticas públicas voltadas para proteção desta parcela da população. A liminar foi concedida pelo juiz Herley da Luz Brasil, da 2ª Vara Federal Cível e Criminal do Acre. A decisão, no entanto, vale para todo país.

O IBGE tem 30 dias, após notificação, para informar como procederá para colher os dados no censo.

-Publicidade-

Segundo a decisão liminar, “a omissão que o estado brasileiro, historicamente, tem usado em desfavor da população LGBTQIA+ é relevante e precisa ser corrigida. Ignorando-os, o Brasil não se volta às pessoas LGBTQIA+ com o aparato estatal que garante, minimamente, dignidade. Nega-se até mesmo a própria personalidade dessas pessoas”.

O Censo 2022 populacional amplo será realizado neste ano, depois de adiamentos causados pela pandemia da Covid-19. Normalmente, o período de pesquisa feita pelo IBGE é no começo de cada década. O último levantamento ocorreu em 2010.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários Ver comentários

  1. Vão se surpreender, pois descobrirão que se trata de 2% ou 3% da população, e que são barulhentos ao ponto de parecerem muitos e quererem convencer os outros 98% (que não tem nada a ver com isso) a ser como eles são.

  2. Querem descobrir que em breve o IBGE vai constatar que a população que não é LGBTQIA+ é minoria?. Dai vem nossa vez de fazer barulho, seremos minoria e vamos ser “inquietos”

  3. Deveriam incluir também aqueles que gostam de pinga, cerveja, chocolate, maconha, calça-apertada… (ironia On)🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️

  4. Ótimo, assim confirmaremos que mais de 98% da população é homem ou mulher e que se abaixe a bola dessa turminha que só faz é barulho, isso é se esse senso não for igual as pesquisas para Presidente, feito em NARNIA.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.