-Publicidade-

Amazon implementa novo software de distanciamento social nos armazéns dos EUA

Os trabalhadores que não mantiverem distância segura serão circulados em vermelho em uma tela, sendo alertados do risco de contaminação.
Amazon cria software para manter funcionários com distância correta | Foto: Scot Lewis/Flickr
Amazon cria software para manter funcionários com distância correta | Foto: Scot Lewis/Flickr | amazon, armazéns, coronavírus, distanciamento social

Os trabalhadores que não mantiverem distância segura serão circulados em vermelho em uma tela, sendo alertados do risco de contaminação

amazon, armazéns, coronavírus, distanciamento social
Amazon cria software para manter funcionários com distância correta | Foto: Scot Lewis/Flickr

A Amazon está implantando um software em seus armazéns para avisar automaticamente os funcionários quando eles estão muito próximos dos colegas, o mais recente esforço do varejista para ajustar suas instalações à vida com o coronavírus.

A novidade, chamada de “assistente de distância”, exibe imagens da câmera em um monitor de televisão, com anotações observando quais funcionários estão seguindo as diretrizes de distanciamento social. Os funcionários que mantêm uma distância segura são circulados em verde e aqueles que o software determina que estão a um metro e meio de alguém, em vermelho, oferecendo aos trabalhadores um retorno visual imediato.

Brad Porter, vice-presidente que supervisiona grande parte do trabalho de engenharia de robótica da Amazon, comparou a nova ferramenta aos sinais de verificação de velocidade nas rodovias. Em um post nesta terça-feira, ele disse que o sistema já estava em uso em áreas de tráfego intenso em algumas instalações da Amazon, e que a empresa planeja instalar centenas de unidades a mais nas próximas semanas.

“A empresa pretende disponibilizar seu novo software gratuitamente para outras companhias”, disse Porter.

A pandemia de covid-19 afetou mais de 1,1 mil funcionários da Amazon e matou pelo menos nove, segundo trabalhadores que rastreiam os relatórios internos da empresa.

A empresa também procurou aprimorar seus conhecimentos de engenharia no combate ao vírus, montando seu próprio laboratório de testes para a doença e buscando auxiliar na pesquisa sobre a covid-19.

Com informação da Bloomberg.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês