Justiça do Rio derruba liminar que impedia retorno de escolas particulares

Volta às aulas nessas instituições de ensino já poderá ocorrer nessa segunda-feira, 14
-Publicidade-
Escolas particulares já podem retomar atividades no Rio nessa segunda-feira, 14 | Foto: Bima Rahmanda/Unsplash
Escolas particulares já podem retomar atividades no Rio nessa segunda-feira, 14 | Foto: Bima Rahmanda/Unsplash | justiça, volta às aulas, rio de janeiro, escolas particulares

Volta às aulas nessas instituições de ensino já poderá ocorrer nessa segunda-feira, 14

justiça, volta às aulas, rio de janeiro, escolas particulares
Escolas particulares já podem retomar atividades no Rio nessa segunda-feira, 14
Foto: Bima Rahmanda/Unsplash
-Publicidade-

O desembargador Carlos Henrique Chernicharo, do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ), derrubou a liminar que impedia as escolas particulares do Rio de Janeiro de retomarem as atividades.

A liminar atendia ao Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Estabelecimentos de Educação Básica do Município e ao Sindicato das Entidades Mantenedoras dos Estabelecimentos de Ensino Superior do Estado e previa que as aulas só voltassem a acontecer quando houvesse uma vacina contra a covid-19.

Pela nova decisão, as escolas particulares ficam autorizadas a funcionar já a partir desta segunda-feira, 14.

O desembargador, no entanto, solicita que as instituições de ensino mantenham no ensino à distância funcionários e professores que estejam no grupo de risco para o coronavírus.

Escolas das redes municipal e estadual do Rio continuam com as aulas suspensas.

Dois meses depois de reabrir as escolas, nenhum caso de covid-19 foi registrado nas escolas particulares de Manaus. Um estudo coordenado pelo médico Fabio Jung, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mostrou que as crianças são menos suscetíveis à covid-19 e que coronavírus é 4,5 vezes menos agressivo que a gripe (influenza) na faixa etária até 14 anos. Ao detalhar o que vêm acontecendo em outros países que já retomaram as aulas, o documento também comprova que a reabertura das escolas não acelera a transmissão do vírus.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comments

  1. Enquanto existirem sindicatos no País estaremos reféns de classes parasitarias cujos únicos interesses são os de seus inescrupulosos integrantes!

  2. No final não depende d estudos, estatísticas, planejamento e outros meios q os ditos loucos por destruir o Brasil empurram em nossa garganta. No final o q vale é a decisão é judicial. quem tem o juiz d bolso mais eficaz? Vide os advogados filhos d magistrados investigados por Bretas. Quando o executivo vai começar a peitar o judiciário e começar olhar com olhar igual? Será q era justamente essa idéia d moro? em destruir o executivo e legislativo, p q fosse submisso ao judiciário?

  3. O Brasil inteiro, com raras exceções, está padecendo de um mal que se chama estupidez. De há muito se tem notícia que o Covid não atinge crianças e adultos jovens. Por isso que não se deveria ter fechado as escolas. Entendemos que o pânico adotado por governantes vigaristas e a mídia comprada levou pais a não permitirem a ida das crianças as escolas.Porém passados 6 meses existe experiência e compreensão para a volta das aulas em todos o níveis. O grande problema é que sindicatos da classe e professores inescrupulosos da rede pública querem continuar recebendo sem trabalhar. Este é o X da história.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site