Coronavírus: governador de Roraima quer fechamento da fronteira com a Venezuela

Pedido foi feito ao governo federal e tem a intenção de evitar a chegada do vírus ao estado
-Publicidade-
O  governador de Roraima, Antônio Denarium, participa de audiência pública na subcomissão temporária do Senado sobre a Venezuela.
O governador de Roraima, Antônio Denarium, participa de audiência pública na subcomissão temporária do Senado sobre a Venezuela.

Pedido foi feito ao governo federal e tem a intenção de evitar a chegada do vírus ao estado

-Publicidade-

O governador de Roraima, Antonio Denarium (sem partido), pediu nesta quinta-feira, 12, ao governo federal o fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela e Guiana para impedir a chegada do coronavírus ao estado.

A demanda foi repassada ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante uma reunião entre os dois, em Brasília:

“Solicitamos ao ministro da Saúde, que ele fale com o presidente da República para que seja feito o fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela. Inclusive, informações do próprio ministro da Saúde são de que a Venezuela não tem o controle sanitário, hoje, do coronavírus e não está repassando informações para a Organização Mundial de Saúde sobre a existência de casos de coronavírus”, disse Denarium.

O senador Mecias de Jesus, do Republicanos, de Roraima, reforçou o apelo em discurso no plenário:

“Nós não temos condições de suportar essa pandemia lá em Roraima, temos mais de 100 mil venezuelanos nas nossas ruas. O nosso sistema de saúde já está carcomido, já está ruim, se tivermos essa pandemia, se chegar o coronavírus com a força que ele chega em todos os países certamente será desastroso para o Brasil e para o estado de Roraima. Precisamos urgentemente fechar as fronteiras para que ela não entre em nosso estado e em nosso país”, disse Mecias de Jesus

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que “até o momento, não há nenhuma restrição de trânsito de pessoas para o Brasil”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site