Covid-19: em março, Ministério da Saúde deve triplicar a quantidade de vacinas distribuídas

A nova remessa eleva o envio total para 47,8 milhões de doses
-Publicidade-
Covid-19: em março, Ministério da Saúde deve triplicar a quantidade de vacinas distribuídas
Covid-19: em março, Ministério da Saúde deve triplicar a quantidade de vacinas distribuídas | Foto: Danilo Yoshioka/Futura Press/Estadão Conteúdo

Na sexta-feira 6, o Ministério da Saúde anunciou que vai distribuir mais 30 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 no mês de março. A nova remessa eleva o envio total para 47,8 milhões de unidades — quase o triplo dos 17,8 milhões distribuídos até o momento.

Leia também: “Covid-19: governo deve entregar 93,8 milhões de doses de vacinas aos Estados até o fim de abril”

-Publicidade-

A maior parte (23,3 milhões) é formada pela CoronaVac e será entregue pelo Instituo Butantan em remessas semanais. O restante (6,7 milhões) é composto pelo imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca — o fornecimento vai ser dividido entre a Fundação Oswaldo Cruz (3,8 milhões fabricados no Brasil) e a iniciativa Covax Facility (2,9 milhões produzidos na Coreia do Sul).

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.