Covid-19: Ministério da Saúde vai vacinar atletas e credenciados para a Olimpíada

Doses serão fornecidas pelos laboratórios Pfizer e Sinovac
-Publicidade-
Cerca de 1.800 integrantes da delegação olímpica brasileira serão imunizados
Cerca de 1.800 integrantes da delegação olímpica brasileira serão imunizados | Foto: Divulgação/Prefeitura de São Paulo

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou nesta terça-feira, 11, que todos os atletas integrantes da Comitiva Brasileira dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio serão vacinados contra a covid-19. O programa foi aprovado pelo Plano Nacional de Imunizações.

O imunizante será doado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e as doses serão fornecidas pela farmacêutica norte-americana Pfizer e pelo laboratório chinês Sinovac. Segundo acordado, o COI vai fornecer vacina a dois brasileiros não atletas a cada esportista vacinado.

Doação de doses ao SUS

-Publicidade-

De acordo com a pasta, a delegação brasileira conta com cerca de 1.800 integrantes — membros das comissões técnicas, dirigentes e credenciados —, que serão imunizados. Assim, em torno de 7 mil doses adicionais serão doadas ao Sistema Único de Saúde pelo COI, o que beneficiaria aproximadamente 3.600 pessoas.

Queiroga confirmou ainda que foram doadas 4.050 vacinas da Pfizer e 8.000 da Sinovac. De acordo com o ministro, a vacinação dos atletas começará nesta semana, em Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo. Belo Horizonte ainda não definiu a data do início, enquanto Porto Alegre e Brasília vão começar no dia 17.

Prazo-limite

Todos os integrantes devem receber a segunda dose da vacina até 21 de junho, a 15 dias do primeiro embarque para o Japão e a 33 da abertura dos Jogos Olímpicos.

Com informações do Estadão Conteúdo 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.