CPI da Covid aprova quebra de sigilo do ex-ministro Eduardo Pazuello e outros alvos

Decisão atinge integrantes do governo, representantes de laboratórios, sócios de empresas farmacêuticas e ex-servidores públicos
-Publicidade-
O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Na manhã desta quinta-feira, 10, a CPI da Covid aprovou a quebra de sigilo telefônico e telemático (de comunicações virtuais) dos ex-ministros da Saúde, Eduardo Pazuello, e das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e de outros alvos — entre eles, integrantes do governo, representantes de laboratórios que produzem vacinas, sócios de empresas farmacêuticas e ex-servidores públicos.

Leia também: “Após aval do STF, governador do Amazonas não vai à CPI; comissão vai recorrer”

-Publicidade-

Os parlamentares também aprovaram a quebra do sigilo fiscal e bancário da Associação Dignidade Médica de Pernambuco, cujos membros teriam aconselhado o governo na condução da pandemia.

Veja a lista das pessoas que tiveram seus sigilos telefônicos e telemáticos quebrados

• Arnaldo Correia de Medeiros, secretário do Ministério da Saúde.
• Camile Giaretta Sachetti, ex-servidora do Ministério da Saúde;
• Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde
• Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores
• Flávio Werneck, assessor especial para assuntos internacionais do Ministério da Saúde;
• Francieli Fontana Fantinato, coordenadora do PNI (Plano Nacional de Imunização);
• Francisco Emerson Maximiano, sócio da Precisa Medicamentos;
• Francisco Ferreira Filho, coordenador do comitê de crise no Amazonas;
• Hélio Angotti Neto, integrante do Ministério da Ciência e Tecnologia;
• Marcellus Campelo, ex-secretário de Saúde do Amazonas;
• Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde;
• Shirley Meschke Mendes Franklin de Oliveira; advogada da Pfizer;
• Túlio Silveira, representante da farmacêutica indiana Bharat Biotech;
• Zoser Plata Bondin Hardman de Araújo, advogado e assessor especial no Ministério da Saúde;

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site