CPI da Covid aprova quebra de sigilo do ex-ministro Eduardo Pazuello e outros alvos

Decisão atinge integrantes do governo, representantes de laboratórios, sócios de empresas farmacêuticas e ex-servidores públicos
-Publicidade-
O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Na manhã desta quinta-feira, 10, a CPI da Covid aprovou a quebra de sigilo telefônico e telemático (de comunicações virtuais) dos ex-ministros da Saúde, Eduardo Pazuello, e das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e de outros alvos — entre eles, integrantes do governo, representantes de laboratórios que produzem vacinas, sócios de empresas farmacêuticas e ex-servidores públicos.

Leia também: “Após aval do STF, governador do Amazonas não vai à CPI; comissão vai recorrer”

Os parlamentares também aprovaram a quebra do sigilo fiscal e bancário da Associação Dignidade Médica de Pernambuco, cujos membros teriam aconselhado o governo na condução da pandemia.

-Publicidade-

Veja a lista das pessoas que tiveram seus sigilos telefônicos e telemáticos quebrados

• Arnaldo Correia de Medeiros, secretário do Ministério da Saúde.

• Camile Giaretta Sachetti, ex-servidora do Ministério da Saúde;
• Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde
• Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores
• Flávio Werneck, assessor especial para assuntos internacionais do Ministério da Saúde;
• Francieli Fontana Fantinato, coordenadora do PNI (Plano Nacional de Imunização);
• Francisco Emerson Maximiano, sócio da Precisa Medicamentos;
• Francisco Ferreira Filho, coordenador do comitê de crise no Amazonas;
• Hélio Angotti Neto, integrante do Ministério da Ciência e Tecnologia;
• Marcellus Campelo, ex-secretário de Saúde do Amazonas;
• Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde;
• Shirley Meschke Mendes Franklin de Oliveira; advogada da Pfizer;
• Túlio Silveira, representante da farmacêutica indiana Bharat Biotech;
• Zoser Plata Bondin Hardman de Araújo, advogado e assessor especial no Ministério da Saúde;

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. E convocar o tal do carlos gabas nada né?? bendo de calhordas, vagabundos, ordinários, patetas. As urnas vão lhes responder seus calhordas e então a PF vai coloca-los onde teriam que estar ha anos. VAGABUNDOS!

  2. Deveriam quebrar sigilos bancários de alguns governadores, principalmente daqueles que a PF andou investigando. ESTES SENADORES TEM VITRINE DE CRISTAL E O TIRO PODE SAIR PELA CULATRA.

  3. Vejam quanta diferença. O General Pazuello, íntegro, foi à CPI com a opção de poder ficar calado, resguardado por um HC. Foi e respondeu a todas as perguntas sem pestanejar. O ficha suja governador do Maranhão que teve a PF com um mandato em sua residência acusado de desviar milhões de verba Federal para combater a Covid e ERA para ter ido hoje depor….NÃO FOI! A prestativa sinistra Rosa Weber, na calada da noite, concedeu-lhe um HC. Se este governador do mesmo Estado do Omar Aziz e Eduardo Braga tivesse Hombridade teria ido. Quem vai ter que se explicar é o “presidente” da CPI do Circo.

  4. O STF não autoriza investigação do Toffoli (inclusive com voto dele). Aziz (presidente da CPI circense da saúde) com denúncias de desvios na área da saúde. Renan o rei dos inquéritos arquivados tentando de todas as formas só ouvir o que corrobora para o relatório dele (pronto antes até do inicio da CPI). Governadores (que sumiram com o dinheiro) não são ouvidos, e o Gabas por que não foi ouvido? Esse Brasil da medo.

  5. É um absurdo os corruptos com o mando de campo tentando incriminar as pessoas de bem que não coadunam com suas práticas.
    Isso é uma afronta a todo cidadão brasileiro de bem!
    Até quando vamos estar sob esse sistema tirânico promovido por um grupo de senadores absolutamente inadequados para a função e com o aval da própria Suprema Corte?

  6. Imaginem se quebrassem sigilo de pessoas próximas a Renan Calheiros, governadores como Renanzinho, Helder Barbalho, e de do presidente da CPI e seus familiares.

    1. Ué não vai ter quebra de sigilo de Governadores nessa CPI circense , o Governador do Amazonas não compareceu na CPI para responder algumas perguntas , porque será ???

  7. Além do STF, agora, temos que aturar as malandragens da CPI dos cafajestes. Enquanto isso, a gente decente, metida em uma camisa de força mental, sonha com uma solução utópica para os nossos graves problemas.

  8. Essa “Comissão de Pilantragem de Inquisitorial” já perdeu-se há tempos! Se é que, desde seu começo, pudesse estar em algum outro caminho que não seja atingir em cheio o Presidente Bolsonaro como culpado direto e único pela crise do Covid 19. Creio que nem mesmo a “velha” imprensa militante acredita mais que sairá algo de concreto dali! Só as velhas e insistentes narrativas de sempre! Tudo muito nojento!

    1. Até quando o banana 🍌 do presidente vai continuar um manso e deixará tantos larápios que deveriam estar presos, comandando país e perseguindo e até prendendo seus aliados ? Até quando ? Esse banana 🍌 deve uma explicação aos seus eleitores e quem, como eu, foi dia 1 às ruas E AUTORIZOU

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.