Crédito para empresas cresce com crise do coronavírus, segundo BC

Todas as modalidades voltadas a ajudar as companhias a se manterem funcionando tiveram aumento de demanda em março.

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Foto: Marcelo Casal Jr. / Agência Brasil
Foto: Marcelo Casal Jr. / Agência Brasil

Todas as modalidades voltadas a ajudar as companhias a se manter em operação tiveram aumento de demanda em março

-Publicidade-
Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

Com a crise do coronavírus, as concessões de crédito para empresas cresceram em diversas modalidades. Dados divulgados nesta terça-feira pelo Banco Central (BC) mostram que o crédito via desconto de duplicatas e recebíveis subiu 42,3% em março ante fevereiro, para R$ 44,901 bilhões.

O desconto de cheques teve alta de 14%, e a antecipação de faturas de cartão, crescimento de 48,6%.

Os dados do BC mostram ainda que, em março, a concessão de crédito para capital de giro disparou 86,6%. Dentro dessa modalidade, o capital de giro com prazo inferior a 365 dias subiu 148,9%, enquanto operações com prazo maior tiveram alta de 63,8%. Já o capital de giro em teto rotativo avançou 47%.

De acordo com o Banco Central, as contas garantidas para empresas subiram 29,2% em março ante fevereiro. Já o cheque especial para pessoas jurídicas teve crescimento de 5,7% com relação ao mês passado.

Os dados apresentados hoje pelo BC são influenciados pela crise do coronavírus, que obrigou ao confinamento social boa parte da população, reduzindo a atividade das empresas e elevando o desemprego. Em meio à carência de recursos, as empresas aumentaram a demanda por crédito.

No mesmo período, o crédito para pessoas físicas caiu 11,4%.
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.