Da cidade ao campo: neve, geada e frio intenso

Capital paulista poderá bater o recorde de frio na madrugada desta sexta-feira
-Publicidade-
Neve na serra catarinense | Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online
Neve na serra catarinense | Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

Uma massa de ar polar derrubou a temperatura em várias regiões do país nesta quinta-feira, 29. Em São Paulo, os termômetros registraram uma média de 4,7ºC, na madrugada mais fria do ano, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências da prefeitura da capital. Em Engenheiro Marsilac, no extremo sul de Parelheiros, a mínima foi de -0,1°C.

Pedestres caminhando em São Paulo em dia de temperaturas baixas | Foto: Foto: Bruno Rocha/Estadão Conteúdo

Os termômetros também despencaram no Sul do país. No município de Urupema, em Santa Catarina, a baixa temperatura congelou a água de uma cachoeira.

-Publicidade-
Queda de água da cachoeira congelada, em Urupema (SC) | Foto: Marilia Sutil/Futura Press/Estadão Conteúdo

Pelo segundo dia consecutivo, houve registro de neve em ao menos dez cidades do Estado. A intensidade do fenômeno chegou a bloquear a pista na rodovia SC-114. Em São Joaquim, o cenário congelante e os flocos de neve que caíram fizeram a alegria de turistas e moradores.

Vista área de São Joaquim (SC) depois do registro de neve | Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

Neve no campo

O frio não perdoou nem quem mora no campo. O produtor Anapio Pereira tirou foto da neve caindo na Fazenda Monte Negro, em São José dos Ausentes, no Rio Grande do Sul. “Ficou tudo branquinho”, diz.

Registro de neve em São José dos Ausentes (RS) | Foto: Anapio Pereira/Arquivo pessoal

Já em Campo Mourão, no Paraná, as lavouras de trigo foram atingidas pela geada e as folhas ficaram cobertas por uma fina camada de gelo. “Aqui, dá para perceber a força da geada nessa plantação de trigo que está começando a soltar cacho agora”, diz o produtor Enso Paulo Tobaldino.

Geada em lavoura de trigo que está em fase de desenvolvimento | Foto: Enso Paulo Tobaldino/Arquivo pessoal

Ainda vem mais frio pela frente. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, entre hoje e o domingo, as temperaturas mínimas ficarão entre -6 ºC e -8 ºC nas regiões de maior altitude, como as serras. E São Paulo poderá bater o recorde de frio na madrugada desta sexta-feira, 29.

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro