Depois de leilão, Congonhas deve aumentar pousos e decolagens

O acréscimo no número de voos abre espaço para outras companhias aéreas
-Publicidade-
Atualmente, o aeroporto realiza 41 movimentos de pouso e decolagem por hora
Atualmente, o aeroporto realiza 41 movimentos de pouso e decolagem por hora | Foto: Divulgação/Infraero

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, deverá operar com um número maior de pousos e decolagens a partir de março de 2023.

A declaração da nova capacidade, formalizada pela estatal Infraero, que opera o terminal, foi publicada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Em agosto, Congonhas foi arrematado pela espanhola Aena no leilão da sétima rodada de concessões aeroportuárias, mas a administração do ativo ainda não foi repassada à empresa.

Atualmente, o aeroporto realiza 41 movimentos de pouso e decolagem por hora. Com a mudança, esse número aumentaria para 44 operações. A Infraero já havia informado em meados do ano que teria porte para subir o número de voos.

-Publicidade-

O acréscimo de pousos e decolagens abre espaço para outras companhias, como a Azul, aumentarem suas operações no terminal, onde Gol e Latam são dominantes.

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) afirmou à época que a expansão só deveria ocorrer após “investimentos significativos” no terminal de passageiros do aeroporto. Para a Infraero, no entanto, os investimentos já feitos são suficientes para comportar a nova capacidade.

Além de melhorias no terminal de passageiros, outros projetos são destacados por quem defende a ampliação, como a reforma da pista principal, concluída no fim de 2020, e o novo sistema e estrutura para voos internacionais de aviação executiva, que contou com R$ 222 milhões do governo federal.

Com a declaração de capacidade publicada pela Anac — o que ocorreu no dia 5 —, a Infraero tem até início de outubro para elaborar um plano de operação com o novo status.

Leia também: “O Porto de Santos desencalha”, reportagem publicada na edição 127 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.