Deputado André Fernandes sofre tentativa de homicídio

Parlamentar estava com o assessor no interior do Ceará e teve o carro atingido por vários disparos
-Publicidade-
Carro que o deputado viajava foi alvo de sete tiros
Carro que o deputado viajava foi alvo de sete tiros | Foto: Divulgação/Twitter

O deputado estadual André Fernandes (PL) foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite de segunda-feira 7, no município de Solonópole, a 230 quilômetros de Fortaleza.

O parlamentar afirmou em uma postagem nas redes sociais que foi perseguido e teve o carro atingido por disparos por arma de fogo.

“Uma motocicleta nos acompanhou e efetuou aproximadamente sete disparos no meu veículo. Um dos tiros atingiu o pneu, mas andamos vários quilômetros mesmo com o pneu furado. Foi uma fuga intensa”, escreveu Fernandes. Como o veículo é blindado, ninguém foi atingido pelos disparos.

-Publicidade-

O deputado registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Regional de Iguatu, no interior do Ceará.

No documento publicado em suas redes sociais, ele contou que saiu de casa com destino ao município de Cariús, por volta das 16h50, para cumprir agenda política. Às 19h30, fez uma parada de cerca de 40 minutos em Banabuiú e seguiu viagem. Na altura da cidade de Solonópole, porém, percebeu estar sendo perseguido por uma motocicleta e desconfiou de que seriam assaltantes.

Fernandes escreveu na rede social que “o governador continua negando o meu direito de ter seguranças, mesmo com as inúmeras ameaças que venho recebendo”.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), afirmou que o caso terá “rigorosa investigação”.

“Determinei ainda rigorosa investigação no caso de tiros disparados contra o veículo do deputado André Fernandes, que era blindado, não chegando a ter vítimas feridas. O caso será devidamente apurado”, disse.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Cheira a algo, porém muito mais sério, que aconteceu com o Bolsonaro. Até hoje sob “investigação”. Por que nos calamos quando existem evidências de crime politico praticado pela esquerda?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.