Dimas Covas: não há previsão de data para chegada de insumos da China

Diretor do Instituto Butantan esteve reunido nesta manhã com representantes do laboratório chinês Sinovac e da Embaixada da China no Brasil
-Publicidade-
Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, reconheceu atraso na produção da vacina chinesa
Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, reconheceu atraso na produção da vacina chinesa | Foto: Governo do Estado de São Paulo

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta quarta-feira, 12, que não há previsão de data para a chegada de novos lotes do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) para a produção da CoronaVac. Ele esteve reunido nesta manhã com representantes do laboratório chinês Sinovac e da Embaixada da China no Brasil.

“Até o final da semana passada, existia a perspectiva de autorização da exportação até o dia 13 [de maio] e, na reunião de hoje, [foi dito que] essa previsão não vai se cumprir”, admitiu Covas. “Portanto, nós não temos data, neste momento, prevista para essa autorização. Estamos aguardando. Ela pode acontecer a qualquer momento mas, neste momento, não há essa previsão.”

Leia mais: “Falta de insumos pode afetar vacinação a partir de junho, afirma Dimas Covas”

-Publicidade-

Ontem, como noticiamos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a responsabilizar o presidente Jair Bolsonaro pelo atraso na chegada dos novos insumos ao Brasil.

“Faltam insumos. Por quê? Porque o governo da China não autorizou o embarque. Temos 10 mil litros prontos e aguardando a liberação do governo da China. São 18 milhões de doses. É muito necessário para o Brasil”, afirmou o tucano na ocasião. “É um problema diplomático, um problema que se dá pelas manifestações sucessivas, erráticas e desnecessárias do governo federal, do presidente Jair Bolsonaro, de seus filhos e seus ministros.”

Leia também: “Butantan entrega 1 milhão de doses da CoronaVac nesta quarta-feira”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.