Doenças do coração matam 8,5 milhões de mulheres ao ano, alerta OMS

Estudos apontam que uma em cada cinco mulheres brasileiras tem risco de sofrer um infarto
-Publicidade-
Os estudos apontam que as mulheres sobrevivem menos ao infarto que os homens
Os estudos apontam que as mulheres sobrevivem menos ao infarto que os homens | Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

As doenças cardiovasculares entre as mulheres já ultrapassaram os números de câncer de mama e útero, respondendo por um terço das mortes femininas no mundo. O alerta é da Organização Mundial da Saúde. São 8,5 milhões de vítimas por ano, cerca de 23 mil por dia.

Nas brasileiras, principalmente acima dos 40 anos, as doenças do coração chegam a representar 30% das mortes, a maior taxa da América Latina. Estudos médicos apontam que no Brasil uma em cada cinco mulheres tem risco de sofrer um infarto.

“A partir do momento em que a mulher entra na menopausa, ela começa a perder progressivamente a proteção hormonal que ajuda a evitar o acúmulo de colesterol ruim nas artérias”, explicou a médica Magaly Arrais, do Hospital do Coração.

-Publicidade-

As estatísticas da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) de 2020 mostraram que as mulheres sobreviveram menos ao infarto em relação aos homens e que há uma predominância dessas enfermidades nas mulheres entre 15 e 49.

“Essa é uma tendência mundial e as razões podem ser muitas, incluindo a falta de conscientização e orientação sobre esses problemas, questões socioeconômicas e aumento de fatores de risco, como tabagismo, obesidade e diabetes”, explicou a cardiologista coordenadora da SBC, Gláucia Maria Moraes de Oliveira.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Doenças do coração? Sério?
    Não é possível.
    Desde quando doença de coração mata alguém? A única coisa na face da Terra capaz de matar o ser humano é covid, não?

  2. Isso não pode ser verdade já que a covid exterminou todas as outras doenças do planeta, ganhou até monumento em Brasília. A única doença que mata é covid que foi criada pelo Bolsonaro e não comprou vacinas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.